PUBLICIDADE

Foragida da Justiça do Brasil por roubo e assassinato é presa na Bolívia

Leonardo Cabral em 20 de Junho de 2019

Divulgação

Suzana é condenada pela Justiça do Brasil a 21 anos de prisão e estava morando na Bolívia

Brasileira identificada como Suzana Viera da Rocha, foi presa na quarta-feira, 19, na cidade de Santa Cruz de La Sierra, Bolívia. Ela era foragida da Justiça do Brasil pelos crimes de roubo agravado, seguido de assassinato.

O chefe da Força Especial de Luta Contra o Crime (FELCC) de Santa Cruz, Johnny Aguilera, disse que Suzana ingressou no território boliviano de forma ilegal em 2016, onde residia desde então, em um imóvel na Avenida Cristo Redentor, localizada no Sexto Anillo.

Ainda conforme Johnny Aguilera, em entrevista coletiva para a imprensa boliviana, Suzana é responsável pela morte de Manuel Braseiro, ocorrida no Brasil, após um violento roubo, juntamente com outros comparsas que estão presos em solo nacional.

"A Polícia brasileira nos alertou sobre a presença dessa mulher em nosso país, então, depois de um trabalho coordenado foi realizada a prisão dela aqui na cidade", explicou o chefe da FELCC.

Suzana Vieira da Rocha será entregue à Polícia Federal, para que ela responda pelos crimes na Justiça do Brasil, onde há uma sentença de 21 anos e quatro meses. Com informações do jornal El Deber. 

PUBLICIDADE