PUBLICIDADE

Festeiros de São João têm até esta semana para se recadastrar

Da Redação em 04 de Junho de 2019

Para promover a organização, controle e certificação dos festeiros de São João como agentes de preservação cultural, a Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá está realizando o cadastramento e recadastramento dos festeiros juninos. 

Para o cadastramento, é preciso apresentar cópia do RG; cópia do CPF; comprovante de residência; e cópia do Certificado de Agente Municipal de Cultura, expedido no ano de 2017 ou 2018, ou declaração expedida pela Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de  Corumbá, informando que realiza o festejo, caso em que devem ser comprovadas as exigências necessárias.


Também é preciso apresentar um breve relato histórico do festejo que realiza, contendo o máximo de informações possíveis, por exemplo: o motivo de realização, se está atrelado à devoção e qual a religião, se segue uma tradição familiar, se o festejo abrange uma comunidade, o número de famílias atingidas e se há documentos (fotos, filmagens, parte de trabalhos acadêmicos de pesquisa) que comprovem a realização dos festejos em anos anteriores.

 

O cadastramento será realizado até  07 de junho, em dias úteis, das 08h às 11h e das 13h30 às 17h, no Museu Municipal Casa do Dr. Gabi – Espaço de Memória, situado na rua Cuiabá, 1181. Os festeiros que cumprirem os requisitos estabelecidos para o cadastro, tendo interesse, poderão inclusive receber auxílio financeiro, a título de “apoio cultural”.


Mas para que o festeiro de São João seja habilitado a receber o Apoio Cultural da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá  no ano de 2019, é necessário cumprir os seguintes requisitos: estar cadastrado junto ao órgão gestor das políticas culturais do município de Corumbá desde o ano de 2013 ou anterior, tendo se recadastrado, obrigatoriamente, em todos os anos seguintes; Tenha participado das festividades do Banho de São João (como especificado no item 4.1. “c”), e cumprido o disposto nos Editais de (re)cadastramento dos anos anteriores, desde o ano de 2011; A participação compreende a descida do andor no dia 23 de junho, com sua respectiva comunidade festeira, no trecho do início da Ladeira Cunha e Cruz em direção à região da “prainha” do Porto Geral, procedendo a “lavagem” do andor.

 

O edital 008/2019, com todas as informações sobre o processo, foi publicado no DIOCORUMBÁ de segunda-feira, 27 de maio. As informações são da assessoria de comunicação da PMC. 

PUBLICIDADE