PUBLICIDADE

Com Fonplata, Município qualifica infraestrutura urbana

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 16 de Maio de 2019

Gisele Ribeiro/PMC

Prefeitura também executa implantação de drenagem profunda

As obras de infraestrutura urbana que são executadas pela Prefeitura de Corumbá, nos mais variados pontos da cidade, foram vistoriadas pelo prefeito Marcelo Iunes nesta quinta-feira, 16 de maio. 

Acompanhado pelo secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ricardo Ametlla, o chefe do Executivo corumbaense percorreu os pontos que recebem ações com recursos do Fundo Financeiro para o Desenvolvimento dos Países da Bacia do Prata (Fonplata).

 

O primeiro ponto inspecionado foi o canteiro de obras instalado na entrada do bairro Cristo Redentor. Lá, a Prefeitura executa a abertura do acesso ligando diretamente as ruas Dom Pedro II e 15 de Novembro. Atualmente existe uma elevação no local e o trabalho se concentra na remoção desse trecho de elevação natural para dar acesso a moradores e veículos com a construção de uma via pavimentada. 

 

“Era um anseio antigo dos moradores terem essa via de acesso permitindo deslocamento com maior rapidez. Essa obra vai desafogar o trânsito ao dar a possibilidade de passar por essas vias”, afirmou Iunes. “Terá um muro de arrimo aqui e uma via com drenagem, asfalto e acessibilidade com rampa e escadinha. Uma vez pronta, vai contemplar um anseio antigo da população, além de ajudar na valorização dos imóveis e da própria cidade”, complementou o prefeito.

 

Gisele Ribeiro/PMC

Prefeito Marcelo Iunes e o secretário Ricardo Ametlla, durante vistoria em obras

“Essa ação aqui faz parte de um projeto que estabelece a execução de obras de drenagem e pavimentação que beneficiará 66 quadras da cidade, com execução a partir dos recursos do financiamento do Fonplata”, explicou o secretário Ricardo Ametlla.

 

Nesse mesmo pacote, a rua Marechal Deodoro, no bairro Generoso, recebe os serviços. “Além da pavimentação, também estamos executando em drenagem profunda e de águas pluviais”, disse Iunes. O trecho onde as obras estão em execução é o que dá acesso ao Mirante da Capivara – espaço oferece uma vista ampla do Pantanal, rio Paraguai e acesso à Baía do Tamengo.

 

Outra área inspecionada foi a que compreende o cruzamento da rua República da Bolívia e avenida General Rondon, localizada no bairro Dom Bosco. Ali, também são realizadas a implantação de drenagem e de  pavimentação.

 

O canteiro de obras do Binário da rua Cabral também foi vistoriado.  A criação do binário viário nas ruas Colombo e Cabral vai melhorar a mobilidade urbana da cidade. A rua Cabral também será contemplada com ciclovia que ficará integrada a Parque Linear dos Ipês.

 

Os binários são pares de ruas, próximas umas das outras, com mão única num sentido e mão única em outro. São vias preparadas para dar grande fluxo de mobilidade.  É readequação de via já existente para que funcione com esse objetivo de mobilidade para fluir o trânsito.


O Fonplata

 

O Município vai receber um total de 40 milhões de dólares do financiamento disponibilizado pelo Fonplata. Outros US$ 40 milhões, como contrapartida estabelecida pela parceria do Município e do Governo do Estado.

 

São cinco anos para execução total do projeto. Corumbá terá cinco anos de carência para iniciar o pagamento do financiamento, que deve ser quitado num período de 13 anos. Ao todo, o Município terá 18 anos para pagar o empréstimo de US$ 40 milhões contraído com o Fonplata.

 

São diversas ações voltadas para o desenvolvimento de áreas de recreação e descanso, infraestrutura de vias e drenagem, recuperação do patrimônio histórico e fomento do turismo.

PUBLICIDADE