PUBLICIDADE

Programa Povo das Águas inicia atendimento aos ribeirinhos neste domingo

Leonardo Cabral em 20 de Abril de 2019

O programa Povo das Águas inicia neste domingo (21) e terá doze edições até março de 2020. A primeira-dama e secretária Especial de Cidadania e Direitos Humanos, Amanda Balancieri Iunes, explicou ao Diário Corumbaense que o programa vai percorrer todo o Pantanal durante 12 meses.

“Nós reformulamos o projeto devido a demanda dos ribeirinhos, ou seja, os atendimentos que se iniciavam em março, agora terão início em abril e seguirão até março de 2020, levando os atendimentos a todas as famílias que vivem no Pantanal”, afirmou. “Atrasamos o programa em um mês, dando início em abril por conta dessa novidade", completou. 

A secretária ainda agradeceu os parceiros que fazem parte do programa. “É importante as parcerias para que o programa aconteça. Além dos atendimentos já rotineiros, haverá novidades para essa edição de 2019, como a presença de um perito papiloscopista”, mencionou.  Além disso, haverá também a presença da Polícia Civil, levando orientações devido ao grande consumo de álcool registrado nas regiões que são visitadas.

O projeto é realizado pela Prefeitura de Corumbá e reúne servidores das secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social, Defesa Civil, além da Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos, além de parceiros.

Alto Pantanal

O programa Povo das Águas, começa neste dia 21 com atendimento nas regiões do Tuiuiú, Piuval e Capim Gordura, localizadas no Alto Pantanal. Na segunda-feira, 22 de abril, os atendimentos continuam na Ilha Verde, das 08h às 12, no Porto Santa Catarina. Na parte da tarde, a partir das 14h será a vez da comunidade do Paraguai Mirim, na Escola Paraguai Mirim, até às 18h. 

Renê Marcio Carneiro/PMC

Embarcação que transporta equipe às diferentes regiões do Pantanal

A viagem segue na terça-feira, 23 de abril, com atendimentos na região do São Francisco e Mato Grande das 08h às 12h, no Porto da Associação de Moradores do São Francisco. No período vespertino, a equipe se deslocará para o Porto Bonfim e São Pedro, local dos atendimentos para esta comunidade das 15h às 17h.  

Na quarta-feira, 24 de abril, será a vez das comunidades do Amolar e Barra do São Lourenço, com atendimentos na Escola Municipal Rural de Educação Integral – Pólo São Lourenço e Extensões, das 08h às 12h.

Dando sequência, o programa Povo das Águas desembarca na quinta-feira, 25 de abril, na região do rio São Lourenço, das 08h às 13h, atendendo no Porto Mangueiral e Porto Novo Horizonte.

Na sexta-feira, 26 de abril, a equipe chega ao Porto do Zequinha, a partir das 08h, com atendimentos para a comunidade da região do Castelo/Escola Jatobazinho. A equipe permanece no local até às 13h.

A última comunidade a ser atendida nesta primeira edição do ano do Povo das Águas, será no sábado, 27 de abril, na região de Domingos Ramos, no Porto Maracangalha. Depois, a embarcação do programa volta para Corumbá no mesmo dia.

Atendimentos em 2019 e 2020

Conforme a programação do Povo das Águas, o programa terá sequência de 13 a 18 maio, na região do Baixo Pantanal. Em junho na região do Taquari; julho no Alto Pantanal novamente; agosto no Baixo Pantanal; setembro no Taquari; outubro no Alto Pantanal; novembro no Baixo Pantanal e dezembro, no Taquari.

Já em 2020, os atendimentos seguem em janeiro no Alto Pantanal; fevereiro no Baixo Pantanal e fechando no mês de março, na região do Taquari.

Os locais de atendimento podem mudar por questões emergenciais. As viagens variam de 06 a 07 dias ou mais, dependendo das condições de acesso de cada região, considerando 07 dias para o Alto Pantanal, 06 dias para o Baixo Pantanal e 07 dias para o Taquari.

Na Parte Alta do Pantanal são 220 famílias. No Taquari, habitam 230 famílias e na Parte Baixa, são 225 famílias.

PUBLICIDADE