PUBLICIDADE

Esplendor do Samba chega a 10ª edição como prêmio fundamental do carnaval de Corumbá

Lívia Gaertner e Leonardo Cabral em 06 de Março de 2019

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Esplendor do Samba premiou 11 quesitos, mais a melhor escola de samba do carnaval 2019

A décima edição do Esplendor do Samba provou que a premiação está fortemente ligada ao carnaval de Corumbá. Hoje, pensar o desfile das escolas de samba sem a avaliação do Esplendor é bastante frustrante para quem faz o carnaval, tanto é que, devido à falta de patrocínio, a premiação que teve sua paralisação anunciada às vésperas da folia, acabou por mobilizar a comunidade do samba e, por consequência, o compromisso de patrocinadores que permitiram por mais um ano uma grande festa de congraçamento entre integrantes das dez escolas filiadas à Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá).

“As pessoas julgam pelos seus olhos, não é a coisa do técnico. O Esplendor para nós, já é fundamental, já virou nossa 'cachaça', se faltar, pode ter certeza que a Liga e suas filiadas não estarão fazendo um carnaval com mais vontade, com mais dedicação. Esse momento é fundamental e precisa ser preservado, ter investimento e apoio”, avaliou Zezinho Martinez, presidente da Liesco, entidade que, desde a primeira edição do Esplendor do Samba, o apoia culturalmente.

Ao longo desses 10 anos de existência, o Esplendor já entregou mais de 130 placas douradas para profissionais do carnaval, escrevendo uma história de muitas alegrias e comemorações. Assim como os profissionais buscam surpreender na avenida, o Esplendor também anualmente traz um novo layout, fazendo de cada placa uma peça única.

“Eu vejo o Esplendor um evento que enriquece a cada ano o nosso carnaval porque eu vejo que os carnavalescos e todos aqueles que trabalham, que vivem o carnaval, ficam motivados para a cada ano melhorarem, se profissionalizarem  e realizarem essa festa maravilhosa que todos conhecemos e que só tende a melhorar”, disse a deputada federal, Beatriz Cavassa.

Atualmente, o Esplendor do Samba avalia, com a ajuda de profissionais da imprensa, onze quesitos e mais a melhor escola durante as duas noites de apresentação dentro do grupo único. Os avaliadores, diferentemente do resultado oficial do carnaval, não levam em conta questões técnicas, mas emitem opiniões sobre os desfiles retratadas por meio das indicações.

“Está de parabéns o jornal Diário Corumbaense por mais um ano fazer um evento desse. Isso faz com que os participantes do nosso carnaval tenham um estímulo a mais. É uma avaliação a mais do nosso carnaval e é importante esse reconhecimento da imprensa, essa homenagem do Esplendor do Samba a essas pessoas que têm que ser reconhecidas pelo trabalho que fazem. Então, o grande mérito é o reconhecimento das pessoas e das escolas como um todo”, comentou o deputado estadual, Evander Vendramini.

Ápice

Em muitos casos, principalmente em quesitos “individuais”, como rainha de bateria e intérprete, o Esplendor torna-se a materialização de todo um trabalho que, ao invés de se eternizar com o troféu de vencedor do carnaval no barracão da escola, pode ir diretamente para a parede da casa do ganhador.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Diretora do Diário, Rosana Nunes, e presidente de Liesco, Zezinho Martinez

“Ele é o ápice para as escolas de samba, às vezes, muito mais do que o resultado na avenida porque traz esse momento de integração, que vem de uma visão crítica da imprensa e isso é bacana porque valoriza o artista”, explicou Joílson Cruz, diretor-presidente da Fundação de Cultura e Patrimônio Histórico de Corumbá que, em edições anteriores, já levou cinco placas pela sua atuação como coreógrafo de comissões de frente.

Agora, dentro do calendário oficial de eventos carnavalescos da cidade, o Esplendor do Samba prova que deve continuar a reconhecer o trabalho dos profissionais do carnaval. Para isso conta com parcerias tanto da iniciativa privada como do Poder Público.

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Prefeito Marcelo Iunes ressaltou que a premiação já integra calendário oficial do carnaval corumbaense

“O Esplendor foi uma inovação anos atrás e, agora, ele não pode deixar de acontecer mais. Um evento dessa proporção temos que apoiar juntamente com os empresários. Agradecer a Rosana (Nunes) por aceitar esse desafio e a todos os empresários que entenderam e proporcionaram que acontecesse mais uma vez. Já está em nosso calendário para que as pessoas entendam que ele é tão importante como o desfile na avenida”, declarou o prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, que recebeu uma placa de reconhecimento pela sua trajetória dentro do samba, já que foi presidente da Vila Mamona e agora, prefeito da cidade, tem a responsabilidade de organizar o maior carnaval do Centro-Oeste brasileiro.

Recordista em número de placas, seis ao longo desses dez anos, o mestre Diego Rojas, que comanda a Bateria Barcelona, da escola de samba Mocidade Independente da Nova Corumbá, afirma que receber o Esplendor coroa todo um trabalho feito bem antes do desfile na avenida. “É o fruto de um trabalho árduo, cansativo, mas que no final a gente tem a recompensa. É um trabalho que há 8 anos estamos fazendo com a Bateria Barcelona, é o resultado da amizade e do respeito que a gente tem um pelo outro”, resumiu sobre o hexacampeonato.

Homenagem

A cada edição, o Esplendor também instituiu a placa de reconhecimento a uma personalidade que contribui de forma incontestável para o carnaval corumbaense. Já receberam a honraria, por exemplo, o presidente da A Pesada, Ney Colombo; a carnavalesca Fernanda Vanucci; o carnavalesco Benevides atuante desde a época áurea dos cordões e o carnavalesco Manoelzinho; a ex-rainha de bateria da Império, Carol Duarte e o pai dela, José Carlos Duarte (in memoriam), que foi presidente da verde e rosa. Desta vez, a homenageada foi Maria Lúcia Calábria Rocha, a popular “Morocha”.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Maria Lúcia Calábria, a "Morocha", foi a homenageada desta edição do Esplendor do Samba

“A gente fica esperando esse evento porque, muitas vezes, lá embaixo (avenida) o júri não consegue enxergar outras escolas e o júri do Esplendor consegue. Essa premiação mostra, às vezes, que o resultado oficial não desmerece outras escolas. Ele acalenta o coração”, falou a homenageada que participa do carnaval auxiliando muitas escolas de samba, além de blocos e cordões. Com uma personalidade marcante, ela mesma faz questão de coordenar ações no barracão da escola onde está, nesse caso, há alguns anos, ela dedica sua energia invejável, aos 74 anos de idade, à Mocidade Independente da Nova Corumbá.

“Quem me conhece, sabe. Dizem: 'ah, dona Morocha é zangada'. Eu não sou nada disso. Chama esse pessoal das escolas e pergunta. A única coisa que eu gosto é de ordem porque se não tiver ela não se consegue levar uma escola na avenida. Eu desço para São Paulo, faço compras e distribuo, vou nos barracões e não deixo faltar nada”, comentou.

"Mais uma vez a equipe do Esplendor cumpriu sua missão. Começamos o ano dando passos para trás e terminamos dando muitos passos para frente. Foi um grande desafio realizar a 10ª edição do prêmio, mas foi revigorante. Saber que o Esplendor do Samba conquistou o seu espaço, respeito, que é aguardado e que incentiva os profissionais do samba a darem o seu melhor na avenida, é muito importante", disse a diretora geral do Diário Corumbaense, realizador da premiação, jornalista Rosana Nunes. 

A 10ª edição do Esplendor do Samba teve o apoio cultural da Prefeitura Municipal de Corumbá, Liesco, Hotel Nacional, ZMP Eventos, Andorinha, Cerveja Almada, Dolce Café, Vitrine Virtual, Atacadista Pantaneiro, Centro de Reparos Automotivos Dois Irmãos, Casa Wadih, Ase Motors e Unipav.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Mocidade Independente da Nova Corumbá levou placa dourada como Melhor Escola de Samba 2019

A Mocidade da Nova Corumbá ficou com 8 placas douradas; A Pesada com 3 e a Império do Morro com uma placa. A melhor escola de samba, na opinião de jornalistas, radialistas convidados pela coordenação, e do comitê avaliador do próprio Diário, foi a Mocidade da Nova Corumbá.

Veja fotos no Vitrine Virtual

Confira os ganhadores do 10º Esplendor do Samba:

COMISSÃO DE FRENTE

Mocidade Independente da Nova Corumbá

SAMBA-ENREDO

A Pesada

HARMONIA E EVOLUÇÃO

A Pesada

FANTASIAS E ALEGORIAS

Mocidade Independente da Nova Corumbá

MESTRE-SALA

Mocidade Independente da Nova Corumbá (Edelton)

PORTA-BANDEIRA

Mocidade Independente da Nova Corumbá (Valessa)

INTÉRPRETE

Império do Morro (Ninho Samba Bom)

ALA DAS BAIANAS

A Pesada

BATERIA

Mocidade Independente da Nova Corumbá

ENREDO

Mocidade Independente da Nova Corumbá

RAINHA DA BATERIA

Mocidade Independente da Nova Corumbá (Carol Castelo)

MELHOR ESCOLA

Mocidade Independente da Nova Corumbá


Comentários:

carlos roberto de andrade..prof beto: parabens aos organizadores...é assim que se escreve uma historia...o nosso carnaval agradece a todos que ajudaram a realizar o melhor carnaval do centro oeste brasileito...

PUBLICIDADE