Assentado é multado em R$ 5 mil por desmatamento e exploração ilegal de madeira

Rosana Nunes em 25 de Agosto de 2018

Divulgação/PMA

Pelo menos um hectare de vegetação nativa foi desmatada

Dono de um lote no Assentamento Tamarineiro II foi autuado e multado em R$ 5 mil por desmatamento e exploração ilegal de madeira. Equipe da Polícia Militar Ambiental de Corumbá fazia fiscalização na sexta-feira (24) quando constataram que o assentado desmatou, com uso de máquina de esteira, uma área de vegetação nativa de um hectare, segundo medição por GPS.

Árvores de grande porte, das espécies aroeira, angico, louro-amarelo, foram derrubadas e parte da madeira, especialmente a aroeira, estava sendo usada como estacas para cerca. Os policiais contabilizaram 293 estacas já cravadas no solo.

Além de autuado e multado, o dono do lote, de 27 anos, vai ter que apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada (PRADA), ao órgão ambiental. Em caso de condenação, o desmatamento ilegal prevê pena de três a seis meses de detenção e a exploração ilegal de madeira, de seis meses a um ano de detenção.

Divulgação/PMA

Aroeira foi usada como estacas para cerca

PUBLICIDADE