Estiagem não dá trégua e MS já tem cidade que não "vê água" há 72 dias

Campo Grande News em 30 de Julho de 2018

Sem chuva desde maio, Paranaíba - a 422 quilômetros de Campo Grande - ocupa o primeiro lugar entre as cidades com mais tempo de estiagem em Mato Grosso do Sul. Há 72 dias sem ver uma gota de água, os moradores ainda sofrem com alterações constantes na temperatura e na umidade relativa do ar.

Segundo informações do meteorologista da Uniderp, Natálio Abrãao, a última chuva no município aconteceu no dia 19 de maio, com apenas 01,6 milímetro de água. Após dois meses sem uma gota, a previsão é de que a estiagem ainda continue por pelo menos mais cinco dias.

Além da falta de chuva, o município ainda sofreu com alterações de temperatura constantes em julho. No dia 12 deste mês a cidade registrou 7,7 º C, a menor temperatura. No mesmo dia, foi registrado também a maior umidade relativa do ar, um total de 86% e a maior velocidade de vento, 43,2 km/h.

A maior temperatura do mês foi registrada neste domingo (29), de 34 º C. No sábado, dia 28, a meteorologia registrou 17% de umidade relativa do ar, a menor até então. Para essa segunda-feira (30) a previsão é de mais um dia sem chuva, com máxima de 33 ºC, poucas nuvens e uma umidade de 24%.

O tempo deve começar a mudar amanhã, com o aumento das nuvens e céu nublado, mas ainda sem sinal de chuva, que só deve acontecer no dia 04 de agosto.

Estiagem

Nesta segunda-feira (30), Cassilândia completa 71 dias sem chuvas. Em Campo Grande já são 47 dias de estiagem. Em Coxim não chove há 67 dias e em Sidrolândia são 49.

De acordo com a especialista, ainda há previsão de chuva no sul do estado para esta segunda-feira, por causa da frente fria que está encostada na região sul mas começa a deslocar para todo o estado a partir de amanhã. De forma geral, a semana começa com tempo parcialmente nublado, névoa seca e baixa umidade relativa do ar.

PUBLICIDADE