PUBLICIDADE

Nos pênaltis, Croácia elimina a Dinamarca e garante vaga nas quartas de final

Globoesporte.com em 01 de Julho de 2018

Jason Cairnduff/Reuters

Goleiro Subasic, da Croácia, defende na cobrança de pênaltis

Uma partida que começou com dois gols em quatro minutos e depois se arrastou no mais puro tédio pelos outros 112, até virar pura emoção novamente, com o craque de um dos times perdendo a chance de matar o jogo de pênalti e... falhou, permitindo que a vaga fosse para a decisão por penalidades. Este é o roteiro de Croácia x Dinamarca.

Melhor para os croatas, que venceram nos pênaltis por 3 a 2 após o 1 a 1 do tempo normal, depois de Modric, camisa 10 do Real Madrid, perder sua penalidade no fim do segundo tempo da prorrogação (Schmeichel defendeu). Nas penalidades, deu Croácia. Schmeichel pegou duas, mas Subasic também defendeu duas (Eriksen mandou na trave), e coube a Rakitic anotar a última cobrança.

Havia muitos argentinos nas arquibancadas do estádio de Nizhny Novgorod. Motivo: compraram ingessos de forma antecipada, achando que a Argentina se classificaria em primeiro do Grupo D. Acabou passando em segundo, e sendo eliminada pela França em Kazan, 400km a leste. Os únicos argentinos em campo foram os do trio de arbitragem, comandado por Nestor Pitana.

Os pênaltis

Pela Dinamarca, Eriksen errou (trave), Kjaer acertou, Krohn-Dehli acertou, Schöne errou (Subasic pegou) e Nikolai Jorgensen errou (Subasic pegou).

Pela Croácia, Badelj errou (Schmeichel pegou), Kramaric acertou, Modric acertou, Pivaric errou (Schmeichel pegou) e Rakitic marcou a última cobrança.

Nas quartas de final, a Croácia enfrentará a surpreendente Rússia, que eliminou a Espanha nos pênaltis também. O jogo será no sábado, em Sochi, às 15h de Brasília.

 

 

 

PUBLICIDADE