PUBLICIDADE

EUA sofrem, mas batem Turquia no tie-break e levam título da Liga das Nações

Globoesporte.com em 01 de Julho de 2018

Divulgação/FMVB

EUA batem Turquia e levam título da Liga

Por um momento, qualquer favoritismo foi deixado de lado. A Turquia chegou à fase final da Liga das Nações como surpresa. Aos poucos, porém, se impôs e deixou pelo caminho Brasil e Sérvia, dois dos grandes favoritos, rumo à primeira final. Na decisão, porém, não teve forças para superar outro gigante. Os EUA sofreram, mas confirmaram as previsões: 3 sets a 2, parciais 17/25, 25/22, 26/28, 25/17 e 15/7.

Kimberly Hill foi o grande nome do título americano. A ponteira deixou a quadra com 20 pontos. A capitã Michelle Bartsch-Hackley também se destacou, com 15 pontos no total. Pela Turquia, Meryem Boz e Eda Erdem Dündar, com 20 pontos, foram os grandes nomes.

A Turquia abriu 2/0 na parcial decisiva. Mas foi só. Logo depois, os Estados Unidos dispararam. E não deixaram mais as rivais chegarem perto. Soberanas em quadra, fecharam em 15/7 e garantiram o título da primeira Liga das Nações.

O Brasil ficou em quarto lugar depois de perder o bronze para a China por 3 sets a 0.

PUBLICIDADE