Momento Cívico reforça nas escolas importância do respeito aos símbolos nacionais

Ricardo Albertoni em 12 de Junho de 2018

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Apresentação aconteceu no auditório da escola estadual Dr. João Leite de Barros

Como parte do programa EduCiPan (Educação e Civismo no Pantanal) desenvolvido pela Soamar (Sociedade Amigos da Marinha) Ladário Corumbá em parceria com o Comando do 6º Distrito Naval, aconteceu na manhã desta terça-feira, 12 de junho, na escola estadual Dr. João Leite de Barros, ação cívica com a presença da banda de música do Grupamento de Fuzileiros Navais.

O programa EduCiPan foi lançado em dezembro do ano passado. A iniciativa visa sensibilizar os gestores das escolas públicas e particulares a incluir no calendário escolar o Momento Cívico, com execução do Hino Nacional semanalmente e outros hinos, de acordo com datas comemorativas, além de conscientizar os estudantes sobre a postura e a importância de respeitar o Hino Nacional como símbolo da Pátria.

Durante o evento, no auditório da escola estadual, os alunos acompanharam as execuções do Hino Nacional com a letra na ponta da língua e do Hino Oficial da Marinha Brasileira, o Cisne Branco.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Segundo Terezinha Baruki, presidente da Soamar, a presença da banda na instituição reforça a proposta do EduCiPan

“Sei o Hino Nacional inteiro. Acho importante esse momento porque a gente acaba aprendendo e assim temos mais respeito e educação pelos símbolos do nosso país”, afirmou Lucas Alexsander Leite Fernandes, de 13 anos do  7º ano do ensino fundamental.

De acordo com a presidente da Soamar, Terezinha Baruki, a presença da banda na instituição reforça a proposta do EduCiPan. “É um momento que a escola já faz, mas com o apoio, com a presença brilhante e o prestígio da banda do 6º Distrito Naval. O objetivo é resgatar esses valores para fazer com que essas crianças adquiram e sintam que é possível amar e ajudar o Brasil, nosso solo. Isso deve ser permanente para que haja respeito, quando isso acontece, ou seja, quando há o respeito aos símbolos da Pátria, você respeita o Brasil”, afirmou ao Diário Corumbaense.

Durante a execução do hino composto por Joaquim Osório Duque Estrada e Francisco Manuel da Silva, coube ao estudante do 3º ano do ensino médio, Wesley Ian Vargas de Carvalho (18) segurar a bandeira do País. O jovem destacou a importância do momento.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Wesley Ian Vargas de Carvalho (18) que segurou a bandeira do Brasil, destacou a importância do momento

“Sempre carreguei a bandeira em desfiles e apresentações da escola e mais uma vez fui selecionado, tive essa honra. Acho importantes essas ações, temos atividades desenvolvidas nesse sentido dentro da sala de aula e temos também o momento cívico uma vez por semana quando cantamos os hinos nacional e de Mato Grosso do Sul. A gente percebe que os jovens estão pouco interessados na história, cultura, acho importante conhecer”, opinou.

É a segunda vez que a banda visita uma instituição na região -  a primeira foi a escola municipal Irmã Régula, em Ladário. Segundo a 1º tenente Érika Ferreira, oficial da Comunicação Social do Comando do 6º Distrito Naval, o objetivo é que o programa se torne permanente contribuindo para a conscientização dos mais jovens.

“O EduCiPan visa resgatar nas crianças e adolescentes esse amor à Pátria e com isso termos uma sociedade mais consciente e que  valorize mais a cultura do seu país. A ideia é que o programa não tenha fim, que a cada ano a gente consiga integrar mais escolas e que esse momento cívico esteja no calendário das escolas públicas”, afirmou a oficial da Marinha que representou o Comando na ação cívica.

Nesta quarta-feira (13) a banda do Grupamento de Fuzileiros Navais fará apresentaçãona escola municipal Marquês de Tamandaré, em Ladário e na quinta-feira (14), os militares músicos serão recepcionados pelos estudantes da escola municipal Dr. Cássio Leite de Barros, em Corumbá.

PUBLICIDADE