Vôlei: Brasil vence fácil a Coreia do Sul em Goiânia pela Liga das Nações

Da Redação em 01 de Junho de 2018

A seleção brasileira masculina de vôlei começou bem a sua participação na segunda semana da Liga das Nações. Nesta sexta-feira, em Goiânia, a equipe dirigida por Renan Dal Zotto não teve qualquer problema para superar a Coreia do Sul por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/19 e 25/19, em duelo acompanhado por 8.123 espectadores.

Na primeira semana da Liga da Nações, em Kraljevo, na Sérvia, a seleção brasileira superou a equipe anfitriã e a Alemanha por 3 a 0 e perdeu para a Itália por 3 a 2. Agora, então, somou mais três pontos, ficando com dez pontos em 12 possíveis na classificação geral. Já os sul-coreano ainda não pontuaram na Liga das Nações, pois perderam os quatro jogos que disputaram por 3 sets a 0.

Nesta sexta-feira, Renan aproveitou o confronto para dar uma chance a Leozinho como titular. E ainda escalou William, Isac, Eder, Lipe e Evandro, além de Murilo como líbero. Isac e Eder foram os maiores pontuadores do jogo, com 12 acertos cada, enquanto Kyumin Kim liderou a seleção sul-coreana com oito pontos marcados.

O Brasil começou bem o duelo com os sul-coreanos, chegando a abrir vantagem de 12/6. A situação confortável levou o time até a dar uma relaxada perigosa, o que permitiu a reaproximação da Coreia do Sul no placar. Mas isso não chegou a ameaçar o triunfo brasileiro, assegurado por 25/21.

No segundo set, os sul-coreanos até esboçaram um começo melhor, mas logo foram ofuscados pelo bom desempenho de Isac e Eder, que lideraram o triunfo por 25/19. Já na terceira parcial, a Coreia do Sul buscou a sobrevivência e chegou a liderar o placar por 9/8. Mas não demorou para a seleção brasileira voltar a se impor, assegurando o seu triunfo por 25/18 para fechar o duelo em 3 a 0.

Após o triunfo desta sexta-feira, o Brasil ainda fará mais dois jogos em Goiânia pela Liga das Nações. A equipe vai encarar o Japão no sábado, às 8h35, e os Estados Unidos, no domingo, às 12h40. As infiormações são do Portal Terra.

PUBLICIDADE