Para roubar celular de jovem autista, ladrão aponta revólver, dispara, mas arma falha

Ricardo Albertoni em 07 de Maio de 2018

Homem de 45 anos registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil de Corumbá após ele, a esposa, o filho e pessoas da igreja onde é pastor, terem ficado sob a mira do revólver de um assaltante. O roubo aconteceu na rua Mato Grosso, quase na divisa entre os bairros Centro e Universitário.

O pastor relatou em boletim e ocorrência número 2628/2018, que por volta das 21h30 de domingo, 06 de maio, o bandido chegou em uma bicicleta e portando uma arma de fogo, rendeu as vítimas. Ele informou que durante o assalto, o ladrão apontou a arma para seu filho, que é autista*, exigindo o aparelho celular que estava com ele. Como o jovem não entregou, o criminoso chegou a acionar o gatilho, mas, segundo o comunicante do registro policial, a arma falhou. 

Imediatamente, a mãe tomou o celular do filho entregou ao ladrão, que fugiu levando também o celular do pastor. Segundo testemunhas, o bandido vestia bermuda jeans, camiseta e usava boné. 

*O autismo é um transtorno de desenvolvimento que prejudica a capacidade de se comunicar e interagir.

PUBLICIDADE