FASP 2018 terá Daniela Mercury, Criolo, Martinho da Vila e Roberta Miranda como atrações em Corumbá

Da Redação em 07 de Maio de 2018

A 14ª edição do Festival América do Sul Pantanal, em Corumbá, acontecerá do dia 24 a 27 de maio com shows de Criolo, Daniela Mercury, Martinho da Vila e Roberta Miranda. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (07), pelo secretário estadual de Cultura Athayde Nery. "A intenção é variar entre o axé, samba e outras vertentes da música popular brasileira", disse o secretário.

Divulgação

Daniela Mercury, uma das apresentações nacionais do Festival

A décima quarta edição do festival homenageará o músico José Asunción Flores, que foi um compositor paraguaio, cantor e criador do gênero guarânia. Também o ex-prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira (PSDB), que faleceu em novembro de 2017.

No total, serão 200 atrações culturais com a participação de 10 países. Haverá oficinas com debates sobre o tema: cultura e cidadania para alavancar a sociedade. Além de apresentações de teatro, dança, música e cinema em Corumbá e as cidades vizinhas Ladário, Puerto Quijarro e Puerto Suárez, na Bolívia, fazem parte do calendário de atividades.

O investimento foi R$ 3 milhões, e o secretário falou sobre a mudança da data do Festival, que seria em novembro do ano passado. "Maio é mais adequado, porque o clima é mais ameno e por ser um período de turismo com pesca liberada nos rios", afirmou Athayde.

Programação baseada em audiência pública

Serão 17 horas diárias de programação gratuita e cerca de 200 atividades culturais desenvolvidas por artistas e personalidades da Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, além do Brasil, estarão representados nesta grande festa de intercâmbio.

A programação do FASP foi baseada na audiência pública realizada em Corumbá em 2017. Mais de 40 sugestões foram feitas pela população local. “Construímos o festival de forma participativa e alinhado com as solicitações de vários segmentos da sociedade. Vamos apresentar um novo festival, com participação ativa dos estudantes, professores e artistas corumbaenses e ladarenses. Também faremos um grande debate sobre a importância da cultura e cidadania como forma de alavancar a sociedade e teremos várias palestras imperdíveis. O festival também está trazendo nomes importantes da música brasileira e do continente. Tenho certeza que esta edição será inesquecível”, frisa Athayde Nery, secretário da Cultura e Cidadania de Mato Grosso do Sul.

O retorno do evento para o mês de maio, como nas primeiras edições do festival, foi um dos pedidos feitos em audiência pública, assim como o aumento da participação das comunidades de Corumbá e Ladário na pré-produção do festival e um maior espaço para os artistas corumbaenses, ladarenses e das cidades vizinhas bolivianas nas atividades culturais. Corumbá vai irradiar cultura cidadã para todo o continente durante os quatro dias do festival.

Edemir Rodrigues/Governo do Estado

Governador Reinaldo Azambuja durante lançamento do FASP 2018

“Fizemos uma mudança de conceito e principalmente uma integração sul-americana. Hoje o festival tem amplitude para 10 países com artistas renomados, nacionalmente e internacionalmente”, anunciou o governador Reinaldo Azambuja. Ele ainda destacou a participação de artistas regionais nos segmentos da dança, cinema, música e teatro. “Valorizamos também a cultura local”, emendou.

“Corumbá tem o prazer de construir mais um evento e marcar a história da nossa cidade com um Festival notável, o qual mostrará que a cultura e a cidadania não têm fronteiras. A cidade é, reconhecidamente, um dos centros de referência da cultura sul-americana, tendo em vista a sua posição geográfica, no coração da América do Sul, e a miscigenação peculiar e expressiva do seu povo. Os corumbaenses recebem de braços abertos os irmãos dos países vizinhos, nossos conterrâneos sul-mato-grossenses e todos os turistas que por aqui passam”, afirmou o prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, que foi representado na solenidade de lançamento do FASP pelo diretor-presidente da Fundação de Cultura e do Patrimônio histórico, Joilson Cruz, além do diretor-presidente da Fundação de Turismo, Rufo Vinagre.

Programação musical

Shows marcantes com grandes nomes da música brasileira na Praça Generoso Ponce, em Corumbá.

  • 24 de maio (quinta-feira): Martinho da Vila (RJ), com o show “Alô Vila Isabel”; Ballet Folclórico San Carlos, de Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), com danças típicas da Bolívia; e Fábio Kaida (MS), harpista representante da legítima música paraguaia feita em Mato Grosso do Sul.
  • 25 de maio (sexta-feira): Criolo (SP), com o show “Ainda há tempo”; e Bro MCs (MS), grupo de indígenas Guarani Kaiowá das tribos Jaguapirú e Bororó com rap em guarani.
  • 26 de maio (sábado): Daniela Mercury (BA), com o espetáculo “Banzeiro”; e grupo Puerto Candelária (Venezuela), que apresentará uma cumbia superdançante.
  • 27 de maio (domingo): Roberta Miranda (PB), com o concerto “Os tempos mudaram”; e a dupla Tostão e Guarany com o violeiro Aurélio Miranda, no show “Memórias”, para mostrar a tradicional música de raiz do Mato Grosso do Sul.

A programação completa da 14ª edição do Festival América do Sul Pantanal pode ser conferida no site do evento: www.festivalamericadosulpantanal.ms.gov.br.

Com informações dos sites Campo Grande News e Portal de Notícias do Governo de MS.

 

PUBLICIDADE