“Operação Fronteira 67" já abordou mais de 130 pessoas e capturou foragido da Justiça

Ricardo Albertoni em 04 de Maio de 2018

Divulgação/PM

Segundo a PM, 132 indivíduos, 11 carros e 18 motocicletas foram abordados

Após deflagrar a “Operação Fronteira 67”, nos municípios de Corumbá e Ladário, visando combater crimes em regiões com maior número de ocorrências, intensificando abordagens em locais públicos com grande fluxo de pessoas, a Polícia Militar divulgou balanço do primeiro dia das ações.

Divulgação/PM

A PM também contou com reforço do GPA (Grupamento Aéreo da PM)

Empregados em viaturas e motocicletas, atuando em parceria com órgãos de segurança da região, como o Bope, Getam e Força tática do 7ºBPM e do 11ºBPM, PRE, GPA (Grupamento Aéreo da PM), Guarda Municipal e Polícia Boliviana, os policiais abordaram 132 indivíduos, 11 carros e 18 motocicletas. Um foragido da Justiça foi capturado com 15 gramas de entorpecente.

Durante entrevista coletiva realizada na quinta-feira, 03 de maio, o comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar de Corumbá, tenente-coronel Silva Neto destacou que a operação visa trazer maior segurança à população.

Reprodução/Facebook/PM Corumbá

Um foragido da Justiça foi capturado com 15 gramas de entorpecente

“É uma maneira de aproveitar da melhor forma os equipamentos, as viaturas e o próprio pessoal com readequação de horários, conforme períodos que a gente vem identificando que vem acontecendo maior índice de delitos para tentar reduzi-los e trazer maior sensação de segurança à população”, disse Silva Neto.

De acordo com o comandante, qualquer tipo de abordagem será feita, visando a identificação de indivíduos com mandado de prisão em aberto, a apreensão de armas de fogo ou drogas não só na região urbana, como em áreas rurais, assentamentos e algumas regiões do Pantanal.

A “Operação Fronteira 67”, segue até o final do mês na cidade e também serve como uma ação preventiva para o Festival América do Sul Pantanal (FASP), previsto para ocorrer entre os dias 24 a 27 de maio, quando a cidade também deverá contar com o reforço de efetivo de outras cidades para promover o policiamento no perímetro do evento.

 

PUBLICIDADE