PUBLICIDADE

Sogra suspeita de envenenar genro passou por exame psiquiátrico

Campo Grande News em 31 de Março de 2018

Idosa de 62 anos, suspeita de ter envenenado o genro, 42 anos, no dia 18 de março, passou por exame de sanidade mental a pedido do delegado Alessandro Capobianco, da 3ª Delegacia de Polícia Civil de Três Lagoas, cidade a 338 quilômetros de Campo Grande. Conforme o JPNews, o laudo deverá ser juntado no inquérito, com outros dois toxicológicos da vítima que consumiu uma porção de feijoada e de três cães que teriam morrido ao comerem do mesmo alimento.

A Polícia Civil também acompanhou a exumação dos cachorros. Mais detalhes sobre o caso seguem em segredo de justiça. 

Caso

A vítima registrou boletim de ocorrência, no dia 18 de março, narrando a suposta tentativa de homicídio e disse aos policiais que a mulher, identificada apenas como Alexina, serviu-lhe um prato separado de feijoada que tinha uma calabresa com gosto amargo. A comida foi dada aos cães e todos os três animais da casa morreram.

Segundo o registro, ele cuspiu a comida na pia e pediu ao enteado que comprasse leite para ele (a bebida é uma solução popular para intoxicação e não é recomendada pelos médicos).

Diante da suspeita de que a intoxicação teria sido provocada por terceiros, funcionários da unidade de saúde ligaram para a delegacia. Os médicos disseram aos investigadores que o paciente deu entrada suando muito e com rosto pálido, não tendo como afirmar naquele momento se ele realmente tinha tomado alguma substância perigosa.

PUBLICIDADE