Casal é preso depois de ser denunciado por provocar aborto de feto de seis meses

Rosana Nunes em 06 de Março de 2018

Divulgação/Polícia Civil

Casal foi denunciado e acabou preso

Investigadores da Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso prenderam um casal denunciado por aborto. A equipe foi até a Maternidade de Corumbá depois que recebeu a informação de que um recém-nascido veio a óbito quase às 06h desta terça-feira (06) em decorrência de um aborto provocado.

No local, os policiais apuraram que a então gestante, de 22 anos, deu entrada na Maternidade às 14h15 de segunda-feira (05) em trabalho de parto e que ela e o companheiro, de 23 anos, acabaram confirmando que a jovem havia tomado medicação para abortar o feto, que já tinha seis meses de gestação. Após a morte do bebê, o casal foi levado para a DAIJI, onde foi preso em flagrante.

Devido à gravidade da conduta, pelo fato de não estar concluído o laudo necroscópico e não existir "risco para a mãe em caso de estupro e por não se tratar de bebê anencéfalo", conforme excludentes do artigo 128 do Código Penal, o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Blonkowski, não arbitrou fiança, encaminhando o caso para decisão do Poder Judiciário.

PUBLICIDADE