Camisetas do bloco Sandálias de Frei Mariano podem ser adquiridas no ILA

Da Redação em 06 de Fevereiro de 2018

Anderson Gallo/Arquivo Diário Corumbaense

Bloco desce para a avenida General Rondon nesta quarta-feira

O bloco “Sandálias de Frei Mariano” está com camisetas à venda na Casa de Cultura Luiz de Albuquerque (ILA). Há modelos de manga e outros sem, de acordo com o gosto do folião. O preço é R$ 25,00, qualquer modelo. O bloco sai nesta quarta-feira, 07 de fevereiro, com concentração na rua América, esquina com a Frei Mariano, a partir das 20 horas.

História

Criado em 2006, por iniciativa da ex-presidente da Fundação de Cultura, Heloísa Helena da Costa Urt, falecida em 2011, o bloco era integrado por servidores públicos do município, mas a aceitação foi tão boa que acabou ganhando adeptos de todas as idades e independente de profissão.

O Sandálias de Frei Mariano surgiu com o intuito de brincar com uma das lendas mais fortes de Corumbá. Conta a história, que Frei Mariano de Bagnaia, acusado de não pagar o relógio da Igreja que construiu em 1887, vingou-se rogando uma praga contra a cidade de Corumbá e seus moradores. Expulso, ele teria enterrado suas sandálias em lugar incerto, afirmando que o município somente retomaria o desenvolvimento quando elas fossem desenterradas.

Confira a letra da marchinha do bloco composta por Helô Urt

A turma do diz que me diz que
Diz que Frei Mariano
Enterrou suas sandálias
E azarou Corumbá - vôte!
Mas como praga de urubu
Não mata cavalo
As sandálias de Frei Mariano
É carta fora do baralho
Fora com o chulé do padre!
Fora com o azar!
Hoje eu quero é folia
Hoje eu quero rosetar

Vôte, vôte, vôte, vôte!
Chispa, chispa, chispa!
Vôte, vôte, vôte, vôte!
Chispa, chispa, chispa, VÔTE!

PUBLICIDADE