PUBLICIDADE

Chicão de Barros reassume e Major Gama confirma desfile

Lívia Gaertner em 20 de Janeiro de 2010

Camila Cavalcante

Presidente Chicão de Barros e carnavalesco Clemílson garantem que Major Gama fará um belo desfile

Após um período de conflitos internos e boatos sobre a não participação do Grêmio Recreativo Escola de Samba Major Gama no carnaval corumbaense de 2010, retornou para a presidência da entidade carnavalesca, o radialista Chicão de Barros. Até pouco tempo respondia pela escola o empresário Iraílton Oliveira Santana. Chicão volta para a entidade, retomando trabalho semelhante ao realizado nos anos de 2007 e 2009 quando assumiu o cargo de dirigente maior da escola. Para 2010, ele havia pedido afastamento da presidência, porém explicou em entrevista ao Diário porque voltou atrás em sua decisão.

“As coisas caminharam para um ponto onde a comunidade pediu para que a gente desse uma força no carnaval e aqui não cabe polêmica e crítica a ninguém. Nós queremos somar porque penso que uma escola de samba é um valor cultural da nossa cidade e a gente não pode deixar que uma escola de samba se perca. Eu tive esse trabalho muito grande em 2009 e, agora juntamente com Clemílson (carnavalesco), estamos encarando um desafio grande para 2010, que é fazer uma escola em praticamente 20 dias, uma escola competitiva para o carnaval”, disse.

Sobre os boatos de que a Major Gama não desfilaria esse ano pela passarela do samba, ele ponderou. “Oficialmente, a escola nunca deu uma declaração de que iria, realmente, não desfilar no carnaval 2010, mas no carnaval acontece isso: as pessoas, muitas vezes, criam - até pela falta de estrutura da escola, começam a ver essas conjecturas - começam a imaginar que a escola não vai desfilar, mas como todo brasileiro sempre tira uma carta da manga, tem uma equipe em cima da hora, a comunidade se reúne e começa a ajudar a escola. Eu tenho certeza que nós vamos, mais uma vez, abrilhantar o carnaval. Mais importante que o título é a gente mostrar o trabalho da dona Julieta Marinho para que sirva de exemplo para outras pessoas aqui em Corumbá. Isso é muito mais importante do que qualquer título de carnaval. É a gente poder mostrar a história dessa valorosa mulher que nós temos aqui na nossa cidade”, destacou ao lembrar que a história da voluntária e coordenadora de vários projetos sociais será enredo da escola.

Aceitando o convite desafiador de Chicão de Barros, o carnavalesco Clemílson Medina será o responsável por confeccionar o desfile da Major Gama, que foi idealizado, primeiramente, pelo carnavalesco Kiro Panovitch, que inclusive desenhou modelos para a escola. Chicão explicou que “da mesma forma que ele (Clemílson) depositou confiança na minha pessoa nesta volta à presidência, eu conversei com ele e disse: ‘Vamos encarar esse desafio? Vamos tentar colocar uma escola na avenida para que não se perca um valor cultural?’. Tanto o Clemílson quanto eu, nesse ponto, não queremos apresentar apenas um desfile. Ganhar, tirar segundo, terceiro ou ser rebaixado fazem parte do contexto mas, se a Major Gama for rebaixada, eu posso garantir que as quatro escolas do primeiro grupo se saíram muito bem porque vamos apresentar um bom desfile, se Deus quiser!”, afirmou.

Convocando a comunidade

O  presidente destacou o importante papel da comunidade para o sucesso da apresentação da escola que abrirá o desfile do grupo especial do carnaval corumbaense. “Qualquer escola precisa de sua comunidade. Eu penso que a Major Gama até mais do que as outras porque ela é aquele time pequeno que, às vezes, tenta aprontar uma zebra. Quando todos diziam que a Major Gama seria rebaixada em 2009, nós conseguimos apresentar um desfile que fomos aplaudidos. Esse é mais um carnaval e nós vamos tentar quebrar isso aí mais uma vez”, contou ao lembrar que em 2007 a escola quebrou a hegemonia das escolas Império do Morro e Unidos de Vila Mamona que se revezaram nos títulos de melhor do carnaval corumbaense.

“A Major Gama é uma escola que passa sempre por grandes dificuldades financeiras. A gente enfrenta dificuldades por querer competir com as grandes”, falou. Apesar disso, Chicão destaca que a escola que tem entre suas cores, o verde, azul, amarelo e branco, traz uma característica forte de uma população que também traz essas cores em sua bandeira. “Temos o espírito do brasileiro, de esperança, guerreiro. Acreditar que a gente pode chegar, que a gente pode fazer um bom trabalho. Um espírito de uma comunidade que está sendo conclamada a partir desta entrevista. Quero aproveitar esse espaço do Diário Corumbaense, do Diário Online para pedir à comunidade da Major Gama que nos ajude, que esteja conosco para que a gente continue a fazer um bom trabalho e botar um desfile que abrilhante nosso carnaval, afinal ele é acompanhado por milhares de pessoas que se deslocam dos mais variados estados do Brasil e até de outros países. A gente tem compromisso de fazer um carnaval que encha os olhos das pessoas”, finalizou.

O barracão da escola Major Gama começa a funcionar a partir da manhã de hoje, 20 de janeiro, no Riachuelo Futebol Clube, onde o carnavalesco Clemílson irá trabalhar com revezamento de equipes para concluir a escola até a data do desfile do dia 15 de fevereiro.