PUBLICIDADE

Ladário cancela teste físico para agentes de saúde e endemias

Da Redação em 18 de Fevereiro de 2016

A Prefeitura de Ladário suspendeu a exigência de realização do Teste de Aptidão Física (TAF) para os candidatos aos cargos de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Endemias. O cancelamento foi recomendado pela 5ª Promotoria de Justiça que informou que a obrigatoriedade daquele teste, para os dois cargos, não encontrava amparo legal no ordenamento jurídico do Município e nem em legislação federal. Os aprovados na prova escrita, realizada dia 17 de janeiro, seriam submetidos ao exame físico nos dias 20 e 21 deste mês. No total, 160 pessoas deveriam participar do TAF.

Arquivo Diário

Prefeito de Ladário informou que após cancelamento de teste físico concurso seguirá rito normal

“Analisamos e decidimos acatar a recomendação do Ministério Público, tendo em vista que esse concurso é destinado especificamente às ações da rede de saúde e endemias. Esses profissionais são necessários nas ações de combate à dengue, chikungunya e zika vírus. Para dar segurança ao nosso concurso e entendo a necessidade de contratação urgente, acatamos a recomendação e suspendemos o Teste de Aptidão Física. Posteriormente, vamos fazer o acompanhamento dos profissionais durante o exercício da profissão”, disse ao Diário Corumbaense o prefeito José Antonio Assad e Faria ao anunciar a decisão.

O chefe do Executivo Municipal informou que os aprovados podem ficar tranquilos porque o processo seguirá normalmente e observando os prazos das demais fases previstas pelo edital. “O concurso segue normal com todas as fases, com exceção do TAF que está suspenso. A previsão de homologação é em março e estaremos convocando em abril”, completou o prefeito. Já foi determinada, por ele, a informação da decisão ao Ministério Público.

O Município tinha prazo de três dias para adotar as providências comunicadas pela Promotoria de Justiça na Recomendação 002/2016.

 

PUBLICIDADE