PUBLICIDADE

A Pesada aposta em comissão de carnaval para ser campeã do grupo especial

Lívia Gaertner em 20 de Janeiro de 2011

Anderson Gallo

A Pesada lançou samba-enredo em evento com apresentação da bateria e de passistas

Apostando na fórmula do somatório de forças trazido por uma comissão de carnaval, a escola de samba A Pesada, uma das mais tradicionais de Corumbá, está trabalhando a largos passos para a folia deste ano. O trabalho de criação é desenvolvido pelo carnavalesco João Braga, o Joãozinho, que até ano passado era responsável pelo carnaval do cordão Cravo Vermelho. Além dele, compõem a equipe: Sônia, Marli, Betinho, Elaine e Marcos.

No barracão da escola, o trabalho é praticamente ininterrupto, se revezando para isso duas equipes: uma, nas partes da manhã e tarde; e outra, que entra pela noite e segue durante a madrugada. “É distribuído material para cada setor e isso não sobrecarrega os componentes da escola: os ajudantes e os diretores e o próprio carnavalesco. Você tem um  manejo melhor de toda a escola que, este ano, vem com uma roupagem diferente, o pessoal vai se surpreender muito com a escola”, disse João Braga ao Diário não deixando  revelar muito do que a entidade prepara para este ano. “O carnaval da Pesada é segredo, mas adianto que nossas fantasias estão bem diferentes do que foram ano passado”, explicou ao citar o carnavalesco carioca Paulo Barros como uma referência no trabalho que está sendo desenvolvido na escola corumbaense.

É num lugar reservado dentro do barracão que as fantasias das alas estão sendo guardadas. O lugar é de acesso restrito. O que João Braga deixa escapar é que a escola terá um crescimento em todos os sentidos. “Crescimentos em todas as alas, em todos os carros, em tudo”, comentou ao descrever como é trabalhar integrando uma comissão de carnaval. “A criação é feita por mim, passa pela diretoria e chega até à comissão de carnaval que desenvolve”, explicou.

Estimando um desfile com quase 1.200 pessoas, a Pesada cantará em 2011, as quatro estações. Um enredo bastante interessante na visão do carnavalesco João Braga. “É um tema rico para uma escola de primeiro grupo como é A Pesada. Cada estação tem um mistério: outono, as folhas caem; o inverno é a estação do frio, quando as pessoas se recolhem para dentro das casas, ficam em reuniões”, disse. Com o embargo judicial do pagode que funcionava todo final de semana em terreno anexo ao barracão da escola, a Pesada está tendo que superar limitações. “Acredito muito na escola e na comunidade porque a gente não faz carnaval sem comunidade. Para quem não sabe estamos com nosso pagode embargado. Se a gente não tem desafios, a gente nunca vai saber onde vamos encontrar”, falou o carnavalesco que lembra que a medida judicial também atrapalha os ensaios da escola que estão acontecendo em plena rua (Tiradentes, próximo à Delamare).

No último final de semana, no dia 16, a escola de samba promoveu o evento de lançamento do samba-enredo 2011, no Grêmio Cultural, visando suprir as necessidades financeiras advindas do embargo do pagode.

Quem quiser saber mais sobre como desfilar com a escola, no grupo especial do carnaval de Corumbá, pode se dirigir até o barracão situado na avenida General Rondon esquina com a rua Tiradentes.

Veja a letra do samba-enredo, o áudio ainda não foi disponibilizado pela agremiação:

A Pesada vem Desvendar os Mistérios das Quatro Estações

Presidente: Nei Colombo
Letra Música: Marcos César, Sandro Nemir
Intérpretes: João da Pesada, Macedo, Eriwelton
Cavaco Nivaldo, Gugu

Hoje acordei de bem com a vida
Sonhei que estava
Na avenida a desfilar
Com a minha PESADA querida
Nas quatro estações a desvendar

O rei sol fez nascer
Uma trajetória milenar
E aí! Se fez brotar a primavera
Num lindo éden de cenário multicor
No calor da alegria
Vou zoar de verão a verão
Esquentando a bateria
Embalando a multidão

Viver é sonhar, é fantasiar
Revelar em cores e sensações
Os mistérios e encantos
Das quatro estações

No balé de folhas caindo
Prenúncio de amena estação
O vento sopra sem limites
Na noite temperada de emoção
E vem chegando em arrepio
Ao sabor das casas em reunião
Desertas ruas revelando o inverno
Ardente de paixão

Comentários:

Roselene: É isso aí Joãozinho..... mostra todo o seu talento pra Pesada arrasar neste carnaval.... Corumbá merece ver um carnaval de primeira....parabéns a todos da pesada... e viva o Carnaval de Corumbá...

Jorginho: A briga da Pesada é com a Vila Mamona. As duas vão tentar se manter no grupo especial. O título fica ente a Império e a Nova Corumbá. E tenho dito!!

Joselita: É isso aí pessoal da pesada..mostrem que vcs tem garra e também podem disputar o título!!

Carolina!!: Fui em todas as apresentações de lançamentos de samba enredo e o melhor que teve até o momento foi da Pesada!!Da nova Corumbá horrível..uma escuridão danada vila nen se fala..A disputa será entra Império e Pesada!!

: ate que enfim a pesada resolveu mostrar a sua tradição. uma escola tão antiga e ate hoje nao tem titulo importante e brincadeira, mas vamos la mostrar o que e a pesada. eu torço muito para essa escola. e assim é que tem que ser, brigar de igual pra igual.

Aureliano: Tem plágio nesse samba da Pesada... A Rosas de Ouro sabe que vocês estão usando parte de um hino deles pra fazer o samba esse ano? http://www.sociedaderosasdeouro.com.br/rosas-de-ouro/hinos/samba-exaltacao-de-bem-com-a-vida/ taí o link pra ninguem ter dúvidas

claudio santos : Esse ano não Tem para ninguem, Só vai dar PESADA Campeã. falei?

Jose: Aureliano todos os sambas de Corumbá são plágio!Os dá império então nen se fala...fica na sua mano

Beto Costa: É Aureliano... você não deixa de ter razão, mas está sendo muito parcial e ao sê-lo deixa de ser justo, pois o que temos visto nos últimos anos são escolas copiando não só letras, mas também ritmos, se A Pesada fez uso apenas de parte do hino, então ela terá que plagiar muito mais para alcançar as demais escolas...(vide sambas da Império, lembra do perfume? Lembrou? Então lembrou da Viradouro!/1998 - Orfeu, um negro no carnaval! e muito mais... plagiam muito a Mangueira etc, mesmo assim, possui seu valor e merecem nosso respeito, certamente não é fácil trabalhar e fazer a felicidade alheia...

PUBLICIDADE