PUBLICIDADE

Idoso tem R$ 85 mil sacados de poupança e mulher de 20 anos é acusada de estelionato

Rosana Nunes em 02 de Agosto de 2021

Uma jovem de 20 anos é acusada de dar golpe em um idoso de 79 anos, morador no bairro Aeroporto, em Corumbá. A denúncia de estelionato foi registrada na 1ª Delegacia de Polícia Civil, por meio do boletim de ocorrência 2703/2021, nesta segunda-feira, 02 de agosto. 

De acordo com o relato do idoso, ele conheceu a acusada quando começou a vender Raspadinha em frente a uma escola, que fica ao lado da casa dele. "Com o passar do tempo, a autora foi ficando mais íntima do comunicante/vítima e passou a pedir dinheiro, sendo prontamente atendida com os valores que solicitava", diz o histórico do registro policial. 

Vendo que o idoso passava a maior parte do tempo sozinho, ela, então, começou a perguntar detalhes sobre a vida dele e ao saber que ele tinha uma quantia em dinheiro guardada, disse ao comunicante que iria cuidar dele até o final da vida. 

"Iludido, o comunicante/vítima entregou o cartão com a senha para que a mesma recebesse seu ordenado e comprasse o que ele precisava. Com a situação no controle, a autora, então, mandou que ele não recebesse seus filhos e nem que os mesmos se aproximassem dele, e com isso sua investida criminosa se concretizava. O comunicante/vítima possuía em sua conta poupança a quantia de R$ 85.000,00,  que foram sacados pela autora, a qual comprou três veículos e ainda uma motocicleta", continua o relato à Polícia.

Acreditando que seria cuidado pela autora, o idoso entregou também a quantia de R$ 12.000,00 para a mulher "construir uma casa".

No entanto, a vítima sofreu um acidente doméstico ao cair da rede e fraturou a bacia. A acusada o deixou no hospital, onde ficou internado no Centro de Tratamento Intensivo da Santa Casa. "Acreditando que o comunicante/vítima iria a óbito, a autora abandonou este naquela situação, tendo levado todos seus pertences de sua residência", diz o relato policial.

Os familiares tomaram conhecimento da internação e foram ao hospital. Após alguns dias e o idoso revelar a história, um dos filhos procurou a delegacia para denunciar o fato e solicitar abertura de inquérito policial contra a acusada. 

PUBLICIDADE