PUBLICIDADE

Ladrão morre ao tentar roubar moto avaliada em R$ 25 mil no Centro de Corumbá

Rosana Nunes e Leonardo Cabral em 17 de Julho de 2021

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Assaltante morreu logo depois da chegada da Polícia Militar

Assalto a uma padaria localizada na esquina das ruas Cuiabá e Ladário, no centro de Corumbá, acabou com um dos bandidos morto, no final da tarde deste sábado, 17 de julho. 

Testemunhas, que preferiram não se identificar, relataram ao Diário Corumbaense que cinco pessoas entraram no estabelecimento comercial e renderam os funcionários, levando-os para os fundos do prédio. Eles roubaram dois relógios de pulso, celulares, carteira com documentos pessoais e mais de R$ 350,00 (cerca de 200 reais estavam no caixa e o restante, era de dois funcionários). 

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Com o ladrão morto, foram encontrados dois celulares e a quantia de 200 reais

Durante a ação, um dos ladrões pulou o muro e rendeu dois rapazes, de 20 e 23 anos, que estavam na casa ao lado da padaria. Armado de revólver, ele mandou que o dono de uma motocicleta Hornet 600, que estava em frente do imóvel, na rua Ladário, avaliada em 25 mil reais, entregasse a chave do veículo. 

Divulgação/Polícia Militar

Revólver usado por bandido morto

O bandido mandou que ambos procurassem a chave e enquanto o indivíduo chamava por um comparsa para "ajudá-lo", uma das vítimas encontrou na gaveta um canivete e aproveitou uma distração do ladrão e o golpeou. Neste momento, o revólver caiu, houve luta corporal e a outra vítima conseguiu pegar a arma e fez diversos disparos em direção ao bandido. 

Ferido, ele saiu correndo, caiu alguns metros depois, na Tenente Melquíades com a Cuiabá, e acabou morrendo logo que a Força Tática da Polícia Militar chegou. Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros Militar ainda fizeram procedimentos de reanimação, sem sucesso. Com ele, os policiais encontraram dois celulares (das marcas Motorola e Samsung) e a quantia de 164 reais roubada de uma das vítimas rendidas na casa. 

O local foi isolado para o trabalho da Perícia da Polícia Civil. O ladrão morto não portava documentos e ainda não teve o nome confirmado. Os comparsas dele fugiram e deixaram para trás duas facas usadas no assalto. Há suspeita de que o bando tenha feito arrastões de roubo de celular mais cedo. 

(matéria editada para atualização de informação)

PUBLICIDADE