PUBLICIDADE

PF prende homens que enviavam "skunk" pelos Correios de Corumbá

Leonardo Cabral em 15 de Julho de 2021

Divulgação/PF

Agentes da PF cumprindo mandados de prisão e de busca e apreensão

Em cumprimento a mandados de prisão preventiva, busca e apreensão, um homem de 24 anos, foi preso durante a operação Hermes, deflagrada nesta quinta-feira, 15 de julho, pela Polícia Federal. Na casa dele, a PF ainda apreendeu celular e um simulacro de arma de fogo.

A operação tem a finalidade de desarticular uma associação para o tráfico formada por ao menos três indivíduos, que realizavam o envio de entorpecentes pelos Correios para destinatários de outros estados.

Divilgação/PF

Celular e um simulacro de arma de fogo foram aprendidos pela PF

A investigação teve início após dois indivíduos, um de 32 anos e o outro de 19 anos, serem presos em flagrante por policiais federais nos Correios de Corumbá, quando despachavam três caixas de som “recheadas” com "skunk", conhecida como super maconha. 

A partir daí, durante as investigações, os agentes constataram que um terceiro indivíduo era o responsável por adquirir objetos, esconder entorpecentes em seu interior e recrutar outros indivíduos para realizarem a postagem nos Correios. Ele foi preso hoje em uma casa na cidade. A PF não divulgou o bairro.

Operação Hermes

O nome da operação faz referência a um dos deuses olímpicos, filho de Zeus e da ninfa Maia. Na mitologia grega, Hermes era o mensageiro dos deuses, sendo sua imagem representada em agências de Correios na Grécia.

PUBLICIDADE