PUBLICIDADE

GFI apreende mais um ônibus de viagem que descumpria decreto municipal

Leonardo Cabral em 23 de Abril de 2021

Divulgação/Coordenadoria de Posturas

Ônibus foi apreendido por descumprir decreto municipal contra a covid-19

O Grupo de Fiscalização Integrada, que reúne órgãos da Prefeitura de Corumbá, entre eles, Coordenadoria de Fiscalização de Posturas, Vigilância Sanitária, Procon, Agetrat e Guarda Municipal, apreendeu mais um ônibus, com 29 passageiros e mais três crianças, na tarde desta sexta-feira, 23 de abril.

O veículo que chegava a Corumbá, estava com mais de 50% do número máximo de pessoas, infringindo Decreto Municipal e quebrando regras de biossegurança contra a covid-19.

Os passageiros, 22 bolivianos e 3 colombianos, estavam vindo de São Paulo. Os 25 estrangeiros estavam em situação irregular e foram encaminhados para a migração da Polícia Federal, no Posto Esdras, fronteira de Corumbá com a Bolívia.

Divulgação/Coordenadoria de Posturas

Vinte e cinco dos 29 passageiros, bolivianos e colombianos, foram levados para a migração da PF

A ação é resultado da parceria e troca informações entre o Grupo de Fiscalização Integrada, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. Foi recebida a informação de que a Receita Estadual havia abordado um ônibus no Lampião Aceso, na BR-262, e as equipes do GFI fizeram a abordagem no local por volta das 15h.

O decreto

Decreto municipal proíbe o embarque e desembarque de passageiros fora do Terminal Rodoviário de Corumbá e os ônibus devem circular com apenas 50% da capacidade e atender as regras de biossegurança, a exemplo da utilização de máscaras e de álcool em gel.

O não cumprimento pode levar à apreensão do veículo (como ocorreu neste caso). O valor da multa pode chegar a até 30.050 reais.

PUBLICIDADE