PUBLICIDADE

Polícia esclarece furto de doses de vacina contra covid em Puerto Suárez e prende suspeito

Leonardo Cabral em 21 de Abril de 2021

Reprodução/Clave 300

Policiais investigando o caso

A Fuerza Especial de Lucha Contra el Crimen (F.E.L.C.C.) do município de Puerto Suárez, que fica na fronteira da Bolívia com Corumbá, esclareceu furto de doses de vacina da Sinopharm e prendeu o secretário da Rede de Saúde de German Busch, Denilson Junior Colombo Sánchez. 

O diretor da Felcc, Edwin Durán Quiroga, confirmou a prisão do funcionário público que, conforme a autoridade policial, admitiu o furto das vacinas. Ele disse que as doses foram furtadas “para salvar vidas” de seus familiares.

De acordo com o depoimento da supervisora ​​da Rede de Saúde, Patricia Carla Gonzáles Valdéz, no domingo, 11 de abril, às 12h, ela recebeu um telefonema de Colombo informando que ele havia pegado 15 unidades das vacinas e devolvido sete delas, mencionando que havia aplicado as doses em parentes.

À autoridade policial inicialmente, o investigado admitiu ter pegado as doses, mas diante do Ministério Público, valeu-se do direito de calar-se e foi instaurada uma investigação de ofício por Crimes Contra a Saúde Pública e Uso de Influências.

“Não está descartada a convocação de outras autoridades e das pessoas que receberam a vacina furtada da Rede de Saúde para ampliar a investigação”, disse Durán.

Apesar de as autoridades sanitárias terem conhecimento do sumiço das vacinas contra a covid-19, a Felcc é que abriu investigação para apurar o caso.

Com informações Clave 300.

PUBLICIDADE