PUBLICIDADE

Agehab simplifica serviço e mais de 10 mil boletos já foram emitidos pelo site da agência

Portal de Notícias do Governo de MS em 20 de Novembro de 2020

A tecnologia em tempos de pandemia tem facilitado a vida das pessoas e por este motivo a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), reforça o acesso ao boleto habitacional online pelo site da agência. O beneficiário precisa apenas do número do CPF, data de nascimento e número de contrato.

O sistema implantado em Maio do ano passado disponibiliza também informações como valor da dívida e quantidade de parcelas a serem pagas o que facilita o acesso às informações sem que o beneficiário precise sair de casa. Com a disponibilidade da ferramenta de junho de 2019 até novembro deste ano, 14.052 boletos já foram emitidos e pagos.

Para a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez, o sistema veio para facilitar o atendimento ao público. “Temos uma grande demanda de atendimento e a emissão do boleto de forma digital é uma opção que agiliza o nosso processo e facilita o acesso pelo proprietário do imóvel de forma simples pelo computador ou até mesmo pelo celular”.

Descontos

O beneficiário com prestações em atraso poderá renegociar as dívidas com a Agehab por meio do Programa Morar Legal – Recuperação de Crédito e obter descontos. O governo do Estado, através da AGEHAB, propôs e aprovou a Lei nº 4.715, de 09 de setembro de 2015, que visa à redução da inadimplência e possibilita aos beneficiários a quitação de seus débitos referentes à sua unidade habitacional para com o Estado. A lei é válida até 31 de dezembro de 2020.

Para pagamento a vista, o desconto é de 100% dos juros e multas. O beneficiário também tem a opção de parcelamento da dívida em até 240 meses com 35 % de desconto dos juros e multas.

Em decorrência do risco de contágio pelo novo coronavírus, os beneficiários que possuem dívidas com a Agehab e queiram negociar a dívida devem entrar em contato pelo telefone 67 3348-3100. No interior do Estado, o atendimento é realizado pelo setor de habitação do município. A partir da negociação a emissão dos boletos poderá ser feita de forma digital.

PUBLICIDADE