PUBLICIDADE

Fundação transfere para o Município gestão do Museu de História do Pantanal

Da Redação com assessoria de imprensa em 24 de Outubro de 2020

Divulgação

Prédio onde funciona o MUHPAN, no Porto Geral de Corumbá

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico assinou documentos definindo os ajustes para a permanência do Museu de História do Pantanal em atividade.

O primeiro deles é o Termo de Entrega do imóvel, que abriga o Museu, de volta ao Município, pois a cessão do bem terminou. O segundo é referente à Cessão de Uso de todo o equipamento e acervo do MUHPAN para a gestão municipal.

Desde 2019, o Município vinha dialogando com a entidade para que essa transferência fosse realizada seguindo todos os trâmites legais, tendo em vista que não envolve apenas a gestão de um imóvel localizado na Zona Especial de Preservação Ambiental e Paisagística do Porto Geral, mas sim a cessão de uso de um rico acervo arqueológico, antropológico e documental. 

Segundo o diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico, Joilson Silva da Cruz, fazer a gestão da cultura envolve muito planejamento. “Não basta ter vontade, temos que ter meios para assumir, cuidar e fazer investimentos”.  Ainda segundo o diretor-presidente, as duas entidades envolvidas estabeleceram o prazo de 60 dias para fazer o levantamento dos bens que devem ser patrimoniados e os ajustes devidos para que as ações já desenvolvidas tenham continuidade e outras possam ser agregadas.

Inaugurado em agosto de 2008, sob gestão da Fundação Barbosa Rodrigues, o MUHPAN é um dos museus de Corumbá e, desde a sua abertura, encanta residentes e milhares de turistas. Dentre as adequações a serem feitas está incluída a mudança da sede da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico para o prédio, ocupando os espaços administrativos, sem prejuízos para a exposição permanente. Isso facilitará, inclusive, o funcionamento do museu, ampliando os atendimentos.

Para Joilson Cruz, esse equipamento continuará somando a todos os esforços que vêm sendo feitos, visando salvaguardar as manifestações culturais, sejam elas materiais e imateriais, perpetuando Corumbá como protagonista de uma cultura forte e pulsante.

Chaves entregues

Divulgação

Joilson Cruz e Cássio Costa Marques receberam as chaves do prédio

Na entrega das chaves, na sexta-feira, 23 de outubro, o representante da Fundação Barbosa Rodrigues (FBR), Leonel Malta Rangel, disse que a Fundação repassa “com muito orgulho o prédio para o Poder Público Municipal. Com certeza, vocês vão cuidar desse museu”. 

“Hoje é um dia muito especial para a Cultura corumbaense, porque assumimos o compromisso de manter o Museu de História do Pantanal em atividade e agora ele está sendo entregue a nós. O MUHPAN continuará vivo e a gestão cultural do Município trabalhará com muito respeito e seriedade para mantê-lo assim. Cumprindo suas funções”, disse Joilson Cruz.

Representando a Prefeitura, o secretário Cássio Augusto da Costa Marques (de Governo) agradeceu a Fundação pelo trabalho desenvolvido em Corumbá ao longo dos últimos 12 anos. “A Prefeitura agradece, em nome da população de Corumbá, a iniciativa de abraçar esta causa. O Município fará um grande esforço para manter tudo o que foi feito aqui”, finalizou.

PUBLICIDADE