PUBLICIDADE

Morre mulher esfaqueada após denunciar estupro da filha

Rosana Nunes em 12 de Outubro de 2020

Morreu por volta das 10h30 desta segunda-feira (12), no Centro de Tratamento Intensivo da Santa Casa de Corumbá, Anizielly Errobidart, de 28 anos, que levou ao menos dez facadas na tarde de sábado (10), na rua República da Bolívia, bairro Aeroporto.

O acusado do homicídio, identificado pela Polícia Militar como Luciano de Oliveira Pinto, fugiu após o crime e ainda não foi encontrado. A mãe dele afirmou aos policiais militares que atenderam a ocorrência, que há poucos dias, a vítima denunciou o pai do agressor pelo estupro de sua filha. Ele foi preso e Luciano resolveu se vingar da mãe da menina. 

A vítima deu entrada no pronto-socorro em estado gravíssimo. As perfurações atingiram a região lombar, tórax, antebraço, perna e pescoço. Nesta manhã, ela não resistiu aos ferimentos. (matéria editada para acréscimo do nome da vítima)

PUBLICIDADE