PUBLICIDADE

Mais 252 agentes penitenciários são convocados pelo Governo de MS

Portal de Notícias do Governo de MS em 18 de Setembro de 2020

O Governo de Mato Grosso do Sul convocou mais 252 agentes penitenciários aprovados no concurso público para posse e escolha de vaga. É o 8° chamamento desde 2017, totalizando 898 nomeações de agentes penitenciários. A última convocação havia sido feita em setembro de 2019, quando foram empossados 200 servidores.

Os candidatos deverão comparecer à Unidade de Recursos Humanos da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) na próxima semana. O edital foi publicado nesta sexta-feira (18) na página 42 do Diário Oficial do Estado.

Para tomar posse, os candidatos deverão comparecer no local e horários definidos no edital com original e fotocópia de todos os documentos, incluindo carteira de identidade; título de eleitor e certidão de quitação eleitoral; cadastramento no CIC/CPF; cadastramento no PIS/Pasep; Certidão de Casamento ou Nascimento; Carteira de Trabalho e Previdência Social; comprovante de residência; comprovante de escolaridade (Diploma e Histórico Escolar) e Carteira Nacional de Habilitação (CNH), no mínimo categoria B.

A relação de documentos exigidos tem ainda quitação das obrigações militares (no caso dos homens), Certidão de Nascimento dos filhos, CIC/CPF dos dependentes e contracheque para quem já possui vínculo com a Administração Direta ou Indireta do Estado de Mato Grosso do Sul, além de comprovante, quando for o caso, de que requereu exoneração, rescisão do contrato de trabalho ou dispensa do cargo, emprego ou função pública.

O candidato deve levar ainda três fotos 3X4 e apresentar as declarações de aptidão expedida pela junta médica, declaração de bens e valores, disponível no site da Agepen, e a ficha de cadastro para posse e implantação na folha de pagamento.

Na última quinta-feira (17), a Agepen publicou o quadro de vagas para a lotação dos candidatos aprovados em todas as fases do concurso público da instituição, nomeados no final de julho. A escolha obedecerá a ordem de classificação no certame, conforme a disponibilidade no município de preferência para a área concorrida – Segurança e Custódia, Administração e Finanças e Assistência e Perícia – e suas especificidades.

O maior número foi disponibilizado para Campo Grande, com 127 vagas; seguidas por Dourados, com 27, e Três Lagoas, com 23. Tem vagas também para as cidades de Amambai, Bataguassu, Caarapó, Cassilândia, Corumbá, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste.

PUBLICIDADE