PUBLICIDADE

Estado disponibiliza vacina pneumocócica para pacientes de risco maiores de cinco anos

Portal de Notícias de MS em 13 de Agosto de 2020

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria Estadual de Saúde (SES) decidiu implantar a Vacina Pneumocócica conjugada 13-valente em pacientes de risco maiores de cinco anos de idade. A medida é resultado de discussões no âmbito da CIB (Comissão Intergestores Bipartite) e teve Resolução publicada no Diário Oficial do Estado, na edição de quarta-feira (12.08).

A vacina, que previne cerca de 90% das doenças graves (pneumonia, meningite, otite) causadas por 13 sorotipos de pneumococos, será ministrada em 13 unidades de saúde em diversas regiões do Estado mediante prescrição médica com justificativa da indicação.

De acordo com o Art. 3° da Resolução N.º 58 CIB/SES, a vacina pneumocócica 13-valente está indicada em esquema sequencial com a vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente para pacientes de risco maiores de cinco anos, de acordo com as condições estabelecidas pelo Programa Nacional de Imunização.

Receberão a imunização: I - Pacientes que vivem com HIV/Aids; II - Transplantados de células-tronco hematopoiéticas (medula óssea); III - Transplantados de órgãos sólidos; IV - Pacientes oncológicos. A Resolução estabelece ainda que os pacientes transplantados de células-tronco hematopoiéticas (medula óssea) e transplantados de órgãos sólidos serão encaminhados para o CRIE (Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais) do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul.

Locais

Para receber a vacina prescrita por profissional médico, os pacientes de risco deverão ser encaminhados para uma das 13 salas definidas na Resolução da SES/CIB.

Clique aqui e veja os locais de vacinação.

Comentários:

Jucelene Petriu: Me vacinei particular em MT e fiquei revoltada quando tive que tomar a 23 como complemento aqui em Curitiba P R.exigiram receita de uma vacina que o governo não dá (meu caso)e tirei do meu bolso .

Silvio Fernando De Meira Leal: Acho uma ótima ideia para que se possa prevenir uma série de comordidades pré existentes. O custo benefício é bastante consistente, parabéns aos gestores da saúde do Estado do Mato Grosso.

Ana Rank: Parabéns pela iniciativa .Extremamente importante. Já tomei, particular. Foi a melhor coisa que fiz, após ter tido três pneumonias. Realmente muito eficaz.

PUBLICIDADE