PUBLICIDADE

Homem que não parou em barreira de fiscalização é detido por suspeita de transporte irregular de bolivianos

Leonardo Cabral em 24 de Julho de 2020

Homem que não teve a idade informada e que atua como taxista na cidade, foi preso por militares do Exército Brasileiro, nesta sexta-feira, 24 de julho, por realizar transporte irregular de bolivianos na faixa de fronteira com Corumbá.

Conforme as informações apuradas pelo Diário Corumbaense, o homem já tinha sido visto pela equipe do fiscalização do Exército, que realiza a “Operação Covid-19”, tentando transportar bolivianos ilegalmente. Na madrugada, mais uma vez foi flagrado embarcando passageiros que vieram da Bolívia.

Ao perceber que seria parado pela equipe, por volta das 02h30 desta sexta-feira, o motorista que estava em um carro de cor branca, avançou contra a patrulha próximo a rotatória da Ramão Gomes.

Um dos militares atirou contra o pneu dianteiro direito, mesmo assim, ele conseguiu fugir em direção a Agesa/anel viário. Buscas foram realizadas, mas o taxista fugiu. Porém, durante o patrulhamento, a equipe do Exército flagrou três bolivianos saindo da trilha do Gaúcho, provavelmente, aguardando o taxista, que foi detido apenas na manhã desta sexta-feira, em uma oficina de Corumbá.

Os bolivianos foram encaminhados para a Polícia Federal, que fez a deportação dos estrangeiros. O taxista foi levado para a delegacia.

Comentários:

Claudia bastos: Os bolivianos estão entrando pela.estrada do forte Coimbra e o exército deveria está lá também. Viajam.ate para c gde

PUBLICIDADE