PUBLICIDADE

Equipe da PMA é alvo de tiro durante fiscalização no rio Paraguai

Rosana Nunes em 13 de Junho de 2020

Divulgação/PMA

Motor de popa e espingarda apreendidos pela PMA

Equipe da Polícia Militar de Corumbá foi alvo de tiro durante fiscalização no rio Paraguai, em Porto Murtinho, distante 330 quilômetros da cidade pantaneira, na tarde de sexta-feira (12). 

A guarnição, que atua na operação "Big Fish", deflagrada esta semana em virtude do feriadão em Mato Grosso do Sul, surpreendeu dois homens em uma embarcação, à margem do rio, armando uma rede de pesca, petrecho proibido pela legislação. 

Ao seguir para fazer a abordagem, os policiais ouviram um disparo em direção à lancha de fiscalização. Em seguida, os infratores jogaram a rede no rio e fugiram pela mata, abandonando um barco e motor de popa. Os policiais iniciaram buscas e encontraram a 200 metros de um acampamento, uma espingarda de caça, calibre 28 com um cartucho deflagrado. Nenhum suspeito foi localizado. 

O motor de popa com tanque, o barco, um remo, um facão e a espingarda foram apreendidos. O barco estava em péssimo estado de conservação e foi destruído à margem do rio, para evitar que voltasse a ser utilizado na pesca predatória.

A PMA não encontrou pescado no local, pois os infratores aparentemente armariam a rede e iriam embora. De acordo com a corporação, os homens podem ser paraguaios, pois do lado contrário do rio é território daquele País. 

Com informações da assessoria de comunicação da PMA. 

PUBLICIDADE