PUBLICIDADE

Mulher denuncia irmã que estaria gastando benefício do filho deficiente em uso próprio

Leonardo Cabral em 08 de Outubro de 2019

Mulher que não teve a idade informada procurou a Delegacia da Infância, Juventude e Idoso (DAIJI), para denunciar a própria irmã, que tem um filho deficiente de 10 anos. Conforme a comunicante, a denunciada, que mora no bairro Guatós, parte alta de Corumbá, recebe um benefício que não estaria sendo usado com criança.

Ainda de acordo com a mulher, a irmã, que recebe a quantia de um salário mínimo mensal, utiliza o valor em gastos próprios e não com a alimentação, saúde e educação do menor.

Ela ainda revelou em boletim de ocorrência 358/2019, que a criança não tem roupas nem mesmo para frequentar as aulas. O caso foi registrado como apropriar-se ou desviar benefício de pessoa com deficiência.

PUBLICIDADE