PUBLICIDADE

Bandido morto em confronto com a PM tinha várias passagens por roubo

Rosana Nunes em 27 de Setembro de 2019

Divulgação/PM

Alex Rocha de Oliveira tinha várias passagens por roubos, inclusive em São Paulo

Em nota divulgada no final da tarde desta sexta-feira (27), a assessoria de imprensa da Polícia Militar de Corumbá informou que Alex Rocha de Oliveira, de 31 anos, morto durante confronto com pm's, era de Campo Grande, tinha mandados de prisão e já havia cometido vários roubos, inclusive em São Paulo, como assaltos a banco e carro forte. 

Alex morreu no começo da tarde desta sexta, na rua Tiradentes entre a América e a Colombo, no centro da cidade. Primeiro, a Polícia Militar deteve o comparsa dele, de 47 anos, no roubo a uma farmácia localizada na esquina das ruas Dom Aquino e Frei Mariano na noite de segunda-feira (23). 

Divulgação/PM

Segundo envolvido no assalto foi preso; revólver e munições apreendidos pela PM

Este homem, que também tem mandado de prisão expedido pela Justiça, foi detido pela PM em frente a escola JGP, na área central. Ele confessou o roubo à farmácia, disse onde Alex Rocha estava escondido e alertou que ele estava armado com um revólver calibre 38, segundo informa a nota da assessoria da Polícia Militar. 

No endereço relatado, equipes da PM cercaram o perímetro para evitar que Alex, que estava em uma vila, fugisse pelos fundos. E foi justamente o que o bandido tentou, mas encontrou policiais que já impediam que ele pulasse o muro. O homem chegou a atirar contra os pm's e ao retornar para a casa onde estava, foi cercado por outra guarnição. Os policiais mandaram que ele largasse a arma, mas o indivíduo apontou o revólver para os pm's e acabou baleado. 

Os policiais levaram o homem para o pronto-socorro, porém já chegou morto. O comparsa dele, está preso na 1ª Delegacia de Polícia Civil. Também de Campo Grande, o indivíduo tem passagens por roubos e seria integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). A PM não informou a identificação dele, mas a reportagem apurou que ele se chama Edson da Silva Barbosa. 

O assalto

Reprodução Vídeo

Câmeras de segurança registraram a ação dos bandidos

Imagens do circuito de monitoramento mostraram quando os ladrões armados entraram e anunciaram o assalto. Enquanto um deles, que usava casaco com capuz, roubava o dinheiro do caixa, o outro bandido, encapuzado, rendia os clientes. No momento do roubo, um homem que estava com um bebê de colo, foi abordado pelo bandido que usava capuz, além de uma mulher.

Os ladrões levaram R$ 490,00 do caixa da farmácia e um celular, uma aliança e uma chave de carro modelo Voyage, dos clientes. Um dos bandidos usava tornozeleira eletrônica.

Desde o assalto, a Inteligência da Polícia Militar iniciou as investigações para identificar os bandidos, que também foram reconhecidos pelas vítimas do roubo, segundo a assessoria da corporação.

PUBLICIDADE