PUBLICIDADE

UFMS abre processo seletivo para professor com salário de até R$ 6,2 mil

Campo Grande News em 31 de Julho de 2019

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) abriu processo seletivo de candidatos a professor substituto para o segundo semestre letivo de 2019. São 13 vagas e salário que pode chegar a R$ 6,2 mil.

A seleção exige titulação de mestre ou doutor, mas, segundo edital (disponível no fim da matéria), caso não haja candidato inscrito que atenda o critério, comissão deverá divulgar ata de alteração para permitir o registro de professores com título inferior.

As vagas abertas contemplam jornadas de 20 e 40 horas semanais. O vencimento base para a jornada menor é de R$ 2.236,31, com auxílio-alimentação de R$ 229,00. Somada a retribuição por titulação, o professor especialista recebe R$ 2.671,66; o mestre ganha R$ 3.015,27; e o doutor leva R$ 3.678,83.

O salário para 40 horas foi fixado pelo edital em R$ 3.126,31, além de R$ 458,00 de vale-alimentação. A bonificação por título totaliza R$ 4.034,28 de vencimentos para professor especialista; R$ 4.730,99 para mestre; e R$ 6.244,68 para doutor.

Conforme o edital, as vagas estão distribuídas por quatro campi. Em Campo Grande são três para a Faalc (Faculdade de Artes, Letras e Comunicação); uma para a Faeng (Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia); duas para a Famed (Faculdade de Medicina); uma para a Faodo (Faculdade de Odontologia); uma para o Inbio (Instituto de Biociências); e uma para o Inma (Instituto de Matemática).

O CPAN (Campus do Pantanal), em Corumbá, e o CPCX (Campus de Coxim) têm uma vaga cada. Já o CPTL (Campus de Três Lagoas) vai contratar dois professores.

Cada uma das unidades com oferta de vagas deve constituir Comissão Especial de Seleção para elaboração de edital complementar, com previsão de ser divulgado no dia 6 de agosto. Os candidatos devem passar por prova escrita, didática e de títulos. As informações sobre programa e bibliografia básica dos exames serão divulgadas pela Comissão.

A inscrição para o processo é gratuita e deve ser efetuada entre 14 e 16 de agosto, pessoalmente ou por meio de procuração, na secretaria da unidade informada no edital da Comissão Especial. A vigência do contrato terá início a partir da data de assinatura, com duração prevista até 14 de dezembro de 2019. O vínculo poderá ser prorrogado.

PUBLICIDADE