PUBLICIDADE

Durante assalto, mulher sai correndo atrás de bandidos e por pouco não é baleada

Rosana Nunes em 14 de Julho de 2019

Dupla em bicicletas e armada de revólver, roubou o celular de um jovem de 19 anos, às 18h de sábado (13), no bairro Previsul, próximo ao Estabelecimento Penal de Corumbá.

O boletim de ocorrência (3584/2019) informa que a vítima estava com amigos quando os ladrões chegaram e anunciaram o assalto. O rapaz entregou o aparelho e a dupla saiu em fuga. Uma mulher, amiga da vítima, correu atrás deles e por pouco não foi atingida pelo disparo feito por um dos bandidos.

O tiro foi ouvido por policiais militares da guarda externa do presídio e as guarnições da Força Tática e Rádio Patrulha foram acionadas, fizeram buscas em área de matagal, por onde a dupla fugiu, mas eles não foram encontrados.

Pouco tempo depois, os pm’s foram acionados novamente, pois ao rastrear o celular, a vítima estava com a possível localização dos autores, no bairro Maria Leite, na rua Nossa Senhora de Fátima.

No local, estavam dois indivíduos, que tinham características parecidas com as dos assaltantes. A testemunha que quase levou um tiro, deu certeza que eles eram os autores. Nesse momento, a avó dos suspeitos ficou exaltada e disse que seus netos não eram bandidos. Uma outra testemunha do assalto se aproximou, então, e confirmou que eles não eram os ladrões.

A PM ainda checou os antecedentes criminais deles, mas nenhum registro foi encontrado. Os dois rapazes se revoltaram com a mulher que os acusou e disseram que queriam representar criminalmente contra ela. Todos os envolvidos (vítima e testemunhas) foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde conversaram e pediram desculpas aos abordados, que, após isso, desistiram de apresentar queixa.

PUBLICIDADE