PUBLICIDADE

Município melhora atendimento a pacientes que precisam de tratamento em Campo Grande

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 10 de Julho de 2019

André Navarro/PMC

Pacientes são transportados pela Andorinha; mas é preciso que a pessoa procure a Central de Regulação

Pacientes que fazem tratamento na rede pública de saúde não precisam mais se preocupar com o transporte, estadia e alimentação para fazer consultas, exames ou qualquer tipo de procedimento médico na Capital do Estado. A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vem disponibilizando a estrutura necessária e transporte para deslocamento em Campo Grande. 

“No ano passado nós firmamos os novos convênios garantindo a melhoria dos serviços para os nossos pacientes”, explicou o prefeito Marcelo Iunes, que citou a humanização e melhoria no serviço que garantem dignidade às pessoas que já estão fragilizadas devido aos problemas de saúde.


Para o transporte, o contrato foi firmado com a Andorinha. A saída de Corumbá acontece de segunda-feira a quinta-feira, sempre às onze horas da noite, com chegada prevista em Campo Grande às cinco horas da manhã. “É só o paciente procurar a Central com o encaminhamento do médico que nós agilizamos o que for necessário”, garantiu a assistente social Kely Cristina Paná, coordenadora da Central de Regulação do Município, que fica na rua Tiradentes entre a América e a Cuiabá, e é conhecida como “Casa Verde”.

 

André Navarro/PMC

Em Campo Grande, pacientes ficam em pousada e também têm transporte

A pousada em Campo Grande, que serve de apoio aos pacientes, foi completamente reformada, uma das exigências para a assinatura do convênio com a Prefeitura de Corumbá, e hoje tem um ambiente limpo, arejado e seguro. Desde o café da manhã na chegada, são servidas três refeições, e quem precisa ficar na capital pode almoçar, jantar e dormir no local que é na área Central, com fácil acesso às clínicas e hospitais. 

Uma Van leva os pacientes até os lugares onde eles farão o procedimento médico. O transporte de volta até a pousada também é feito de Van. Às cinco horas da tarde, quem vai retornar para Corumbá já tem o ônibus à disposição com chegada por volta da meia-noite à Cidade Branca.

 

O suporte para que corumbaenses possam procurar por procedimentos que ainda não estão sendo disponibilizados em Corumbá, na Capital do Estado, vem ajudando muitas pessoas. É o caso de Lucimeire de Oliveira, que foi levar a filha recém-nascida para fazer exames no ouvido que não estaria respondendo ao estímulo. “A nossa esperança é que ela fique boa”, afirmou.

 

Dona Janete Silva da Cruz passou uns dias em Campo Grande onde operou da catarata de uma das vistas que já está boa. Voltou para fazer o procedimento no outro olho e elogiou o serviço. “Antigamente a gente tinha que parar na rodoviária antiga, agora tem esses aposentos, a gente chega tem como tomar café da manhã, almoçar, jantar, quem tem que retornar, retorna, quem não tem fica. Eu estou gostando de ver”, afirmou.

 

Um caso emblemático é o de dona Ramina dos Santos, que durante um ano teve que ir para Campo Grande na segunda-feira e passava a semana na Capital fazendo tratamento de um câncer de mama. Só voltava no fim de semana para ver a família. Dona Ramina contou com o suporte da Prefeitura para enfim, dar a boa notícia: “Estou curada, hoje eu me sinto curada, Graças a Deus”, comemorou.

Comentários:

Marisa do Nascimento Paula : não é puxar saco é reconhecer quando o trabalho é feito. a equipe de Campo Grande é bem atenciosa tanto qdo chega de Corumbá e quando retornam pra Corumbá os pacientes. não tenho nada a reclamar mas agradecer os funcionários deste local que nos recebe muito bem sem distinção de pessoas . parabéns pelo projeto da casa de apoio do SUS.

PUBLICIDADE