PUBLICIDADE

Vigia denuncia vizinho por festinhas com som alto

Leonardo Cabral em 13 de Maio de 2019

Homem de 50 anos que trabalha como vigilante, procurou a Delegacia de Polícia Civil, para novamente denunciar o vizinho de 42 anos por perturbação da tranquilidade. Segundo ele, o homem coloca o som no último volume quase todos os dias. A situação piora nos finais de semana, quando ele recebe amigos ou parentes, na rua Três Marias, bairro Maria leite, como no domingo, 12 de maio.

Conforme o denunciante, ele até entende que o vizinho tem o direito de escutar suas músicas, por estar em sua casa, porém, o som fica em último volume e o dia inteiro, o que acaba perturbando-o. Segundo o boletim de ocorrência 2451/2019, outras denúncias já foram feitas pelo vigia pelo mesmo motivo, chegando a ocorrer audiência, onde na frente da juíza, o autor teria se comprometido a não perturbar mais. 

Desta vez, o vigilante teria escutado conversa de uma vizinha com  a  cunhada do autor, onde ela  dizia para não parar com o  som e que ela iria chamar "um  pessoal"  pra dar uma surra no comunicante. Ele registrou o BO na Delegacia, porque se sente ameaçado e teme que algo possa lhe acontecer.

PUBLICIDADE