PUBLICIDADE

Corumbaenses enfrentam filas para fazer a fezinha na Mega de R$ 170 milhões

Leonardo Cabral em 08 de Maio de 2019

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Corumbaenses formam grandes filas nas lotéricas da cidade

Já imaginou acordar com R$ 170 milhões para fazer o que quiser? Apesar de as chances serem remotíssimas - uma em cinquenta milhões, segundo matemáticos - para os apostadores da Mega-Sena, não custa tentar a sorte, pois este é o valor acumulado que será sorteado nesta quarta-feira (08), do concurso 2.149. 

E sem perder tempo, os corumbaenses lotam as lotéricas para registrar a “fezinha”. A dona de uma das casas lotéricas mais tradicionais da cidade, Dalva Rodrigues Ferreira, disse que a procura pela aposta teve crescimento entre 60% e 70%, porém, esse movimento deve aumentar ainda mais no decorrer do dia.  

"Como de costume, o brasileiro deixa tudo para a última hora. Para nós é uma surpresa o prêmio estar acumulado há treze concursos consecutivos e caso acumule novamente, já será superior ao prêmio da Mega da Virada”, falou Dalva. “Mas tem muita gente apostando, creio que hoje sai e teremos o mais novo milionário ou milionários”, completou.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Eliane Oliveira disse que essa é a terceira vez que faz a aposta, mas que o esposo joga todos os dias

E toda entusiasmada com o valor, a dona de casa, Eliane Oliveira, não perdeu tempo e mesmo com uma fila gigantesca, esperou para fazer sua aposta. “Nem me imagino com tanto dinheiro assim, mas, se isso acontecer, será mudança de vida não só para mim, como para toda a minha família. Com essa aposta, é a terceira vez que estou jogando, porém meu marido não deixa de jogar um dia. Vamos torcer, pois o que mais desejo é mudar de vida junto com meus filhos e netos”, frisou Eliane.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Militar aposentado diz estar ansioso pelo sorteio do prêmio milionário

Já o aposentado da reserva da Corpo de Bombeiros, Pedro Edemil da Silva, disse ao Diário Corumbaense que aposta frequentemente. Nunca ganhou, mas está bastante confiante. “Sei que é muito dinheiro e por isso que estou na fila, para pagar uma conta e já aproveitar para fazer a minha aposta. Caso ganhe, vou deixar na poupança e com o tempo, aplicar em algo que possa render. Uma hora sai e só vou poder ganhar se eu apostar. É necessário arriscar”, comentou o militar aposentando.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Em Corumbá, as apostas poderão ser feitas até pouco antes das 18h (horário de MS)

Em Corumbá, as apostas poderão ser feitas até pouco antes das 18h (horário de MS). A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50. O sorteio será no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O valor total, que é de R$ 170 milhões, caso aplicado na poupança, renderia mais de R$ 631 por mês. 

PUBLICIDADE