PUBLICIDADE

Vinte personalidades femininas foram homenageadas pelos vereadores de Corumbá

Rosana Nunes em 09 de Março de 2019

Divulgação/Câmara de Corumbá

Deputada Bia Cavassa, uma das homenageadas, e o presidente da Câmara, Roberto Façanha

Vinte personalidades femininas foram homenageadas na noite de sexta-feira, 08 de março, pela Câmara Municipal de Corumbá, em alusão ao Dia Internacional da Mulher. Foi durante sessão solene no plenário da Casa do Barão de Vila Maria.

A sessão foi dirigida pelo presidente do Poder Legislativo, vereador Roberto Façanha. Ao seu lado, na mesa, a presença de personalidades femininas como a deputada federal Bia Cavassa; primeira-dama Amanda Cristiane Balancieri Iunes, secretária Especial de Cidadania e Direitos Humanos; Ana Rachel Borges de Figueiredo Nina, Promotora de Justiça; Tenente  Grazielly Rodrigues de Amorim, representando o Comando do 6º Distrito Naval; Tenente Ana Carolina Blonkowski, representando o Comando da 18ª Brigada de Infantaria e Fronteira, e Jane Contu, representando Arlene Inez Carvalho da Costa, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

Além de Façanha, outros 11 vereadores participaram das homenagens: Tadeu Vieira, Gaúcho da Pró-Art, Manoel Rodrigues, Paulo Bertini, Gabriel Alves de Oliveira, Bira, João Mário, Baianinho, Cristóvão Contador, Chicão Vianna e Domingos Albaneze Neto.

A deputada federal Bia Cavassa foi uma das homenageadas da noite. Ela destacou a criação da data que marca a “nossa luta por melhores condições de vida e trabalho e principalmente, pelo direito ao voto”, e pediu licença aos homens presentes para se dirigir às mulheres.

Divulgação/Câmara de Corumbá

Primeira-dama Amanda destacou presença feminina em todas as esferas

Fez um relato do trabalho desenvolvido em Corumbá nos últimos anos, ao lado de “mulheres que eu conheci durante minha trajetória na vida pública e que juntas, lutamos não apenas pelo empoderamento feminino, mas pela dignidade da mulher e em especial, pela sobrevivência das mulheres que, infelizmente, fazem parte das estatísticas da violência contra mulheres neste país”.

Lembrou que março nem bem começou e o Brasil já atingiu a “terrível marca de 200 denúncias de feminicídio no Ligue 180, um serviço do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos que atua como um disque socorro para as mulheres que sofrem violência”, isso sem contar com fatos não registrados.

Na opinião da deputada, o 08 de março ainda não é um dia de comemorações; que é preciso união, trabalhar mais “para que um dia possamos ter os mesmos direitos e garantias de vida que os homens possuem”. Enfatizou a necessidade de se mudar a forma de tratamento, sem inimizades, rivalidades, mentalidade que precisa ser eliminada da cultura feminina. “Mulher ajuda mulher, só assim conseguiremos chegar lá”.

Bia Cavassa se dirigiu aos homens presentes para afirmar que as mulheres não são e jamais serão adversárias. “Nossa raça completa-se apenas com a união dos nossos gêneros. A nossa luta não é sobre ser mais que vocês ou ter mais direitos que vocês, queremos apenas igualdade, dignidade, queremos viver”, disse, pedindo para que todos reflitam e sejam parceiros no processo, inclusive denunciando casos de violência contra a mulher.

Reconhecimento

A primeira-dama Amanda Balancieri Iunes destacou a presença das mulheres em todos os setores da sociedade, e que o dia 08 de março constitui em um justo tributo de reconhecimento às mulheres pela luta que empreendem, até os dias atuais, “com coragem e determinação em defesa de seus direitos, suas vitórias e conquistas”.

Ela rendeu homenagens às mulheres presentes como também aos homens “que sabem reconhecer na figura de suas mães, companheiras, filhas, subordinadas ou chefes, a mulher que luta e empenha para se desenvolver e melhorar a sociedade”.

Celebrou a presença da figura feminina em todas as esferas da sociedade, principalmente em funções antes ocupadas apenas pelo homem, e que os avanços são visíveis. Fez uma alusão à parceria da Câmara que tem contribuído para as conquistas, pautando programas e projetos importantes que visam promover mudanças necessárias em favor da mulher.

A Promotora de Justiça, Ludmilla de Paula Castro Silva, falou em nome das homenageadas e lembrou junho de 2017, quando participou de uma audiência pública na Câmara, para tratar de assuntos ligados ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

Na época, citou o fato de Corumbá não ter representatividade na Assembleia e Câmara Federal, mas que nas eleições de 2018, passou a contar com dois representantes, uma, inclusive, mulher (Bia Cavassa na Câmara Federal). “Podemos dizer que o posicionamento da mulher no âmbito da política melhorou”, acentuou, lembrando que, ao longo as história, muitas conquistas foram obtidas, como o direito ao voto e a maior participação na sociedade, o que não poderia ser diferente: 52% do eleitorado brasileiro é formado por mulheres, o que demonstra evolução.

Para ela, a sessão solene demonstrou a posição de destaque da mulher, “ainda mais quando se considera que todos os vereadores são homens e cada um elegeu as mulheres que deseja prestigiar”, destacou, parabenizando a casa.

Mineira, sul-mato-grossense de coração e cidadã corumbaense desde dezembro passado, Ludimilla fez uma referência a duas personalidades femininas que deixaram suas marcas: Nathércia Pompeo dos Santos e Adiles de Figueiredo Ribeiro. E foi em nome delas que agradeceu todas as mulheres que contribuíram, contribuem e contribuirão “para que essa cidade e esse mundo seja cada vez melhor”.

Homenageadas

As homenageadas da noite do Dia Internacional das Mulheres foram: Márcia Candia Mendes Ribeiro, Assistente Social (Gaúcho da Pró-Art); Izaura Cravo Santana de Souza, Funcionária Pública que presta serviço como coordenadora diocesana da Pastoral da Criança (Domingos Albaneze Neto; Paula Raphaela Moura Leite, administradora (Gabriel Alves de Oliveira).

Maria Oliveira Cardoso, do lar (Baianinho); Janaina Ojeda Baís, servidora pública e coordenadora da Pastoral da Criança do Bairro Cristo Redentor (João Mário); Lídia Leite de Barros, turismóloga (Tadeu Vieira); Leir Cunha de Oliveira, do lar (Chicão Vianna); Juracy Aparecida Pinto de Moraes, do lar (Manoel Rodrigues).

Kerlane Cavalcante Gomes de Oliveira, da comunidade Obra de Maria, responsável pela Casa de Missão (Paulo Bertini); Marciene Rita da Silva Amorim, presidente do Lions Clube Corumbá (Roberto Façanha); Julieta Maria Gouveia Gonzales, professora e psicóloga (Bira); Ednir de Paulo, presidente do Imnegra (Cristóvão Contador).   

Pela Mesa Diretora foram homenageadas a deputada federal Bia Cavassa; Rosa Maria Engelmann, cozinheira; Rachel Borges de Figueiredo Nina, Promotora de Justiça; Amanda Cristiane Balancieri Iunes, secretária especial de Cidadania e Direitos Humanos; Wania Alecrim de Lima, coordenadora de Políticas para a Mulher; Arlene Inez Carvalho, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher; Sabina Acosta da Costa, presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, e Ludmilla de Paula Castro Silva, promotora de justiça. As informações são da assessoria de comunicação da Câmara de Corumbá.

Veja mais fotos aqui

PUBLICIDADE