PUBLICIDADE

Deputada Bia Cavassa cumpre primeira agenda em Corumbá e Ladário

Rosana Nunes em 17 de Fevereiro de 2019

Divulgação

Deputada participou de solenidade de posse da diretoria da OAB Corumbá

Empossada no dia 06 de fevereiro no lugar de Tereza Cristina, ministra da Agricultura do Governo Bolsonaro, a deputada federal corumbaense Bia Cavassa (PSDB), cumpre a primeira agenda neste fim de semana em Corumbá e Ladário. 

A parlamentar chegou em Corumbá na noite de sexta-feira (15) e participou da posse da nova diretoria da 1ª Subseção da OAB para o triênio 2019-2021. O advogado Roberto Lins foi reeleito presidente da Ordem. 

Em seu discurso, a deputada disse que não é advogada, mas, hoje no cargo, se identifica com a profissão. "Ouço as demandas, peticiono requerimentos e todas as minhas ações no Legislativo de certa forma acabam passando por um julgamento. Da minha parte, contem comigo no Congresso Nacional para lutar por todas as causas inerentes à advocacia. Estamos do mesmo lado, lutaremos juntos", garantiu. 

Divulgação

Reunião com o prefeito de Ladário e secretariado na manhã de sábado

Já na manhã de sábado (16), Bia Cavassa se reuniu com o prefeito de Ladário, Iranil Soares (PSDB) e alguns secretários e depois com vereadores para ouvir as demandas da cidade. "Saí muito satisfeita com a reunião, com a certeza que poderemos realizar boas coisas para Ladário".

O assoreamento do rio Taquari também foi assunto da pauta de discussões da deputada. "ou a idealizadora do Programa Povo das Águas, um projeto que visa dar mais cidadania e qualidade de vida para a população ribeirinha - famílias que naturalmente já vivem com muitas limitações e privações em seu ambiente - e esse descaso é tudo o que não queremos. Por isso, comuniquei minha equipe técnica para que já nesta segunda (18) inicie um levantamento de todos os estudos e gastos realizados nas últimas décadas em projetos que foram criados para 'resolver a situação do assoreamento da região do Taquari' - para então cobrarmos responsabilidades e atitudes das autoridades competentes. São décadas repletas de medidas paliativas que não resolvem um problema que só se agrava com o tempo", frisou.

Divulgação

Moradores da região do Taquari sofrem há décadas as consequências do assoreamento

Bia Cavassa ainda participa de outras reuniões e visitas em Corumbá com políticos e lideranças da comunidade. Nesta segunda-feira, às 10h, ela se reúne com os vereadores na Câmara Municipal e depois retorna para Brasília. Com informações da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE