PUBLICIDADE

Horário de verão termina à zero hora deste domingo para dez Estados e o DF

Leonardo Cabral em 16 de Fevereiro de 2019

Anderson Gallo/Arquivo Diário Corumbaense

Horário de verão visa economia de energia elétrica

À zero hora deste domingo, 17 de fevereiro, termina o horário brasileiro de verão. Os relógios terão que ser atrasados em uma hora, ou seja, quando os ponteiros marcarem meia-noite, o horário voltará para 23h. O atraso nos relógios acontece nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, que desde o dia 04 de novembro de 2018, deram início ao horário de verão.

Ao Diário Corumbaense, a Energisa, concessionária de energia elétrica em Mato Grosso do Sul, informou que o horário de verão visa proporcionar redução na demanda por energia no período mais crítico do dia, conhecido como horário de pico, que é entre 18h e 21h, aproveitando o maior tempo de incidência da luz do sol que se põe mais tarde.

Ainda conforme a empresa, a avaliação dos atuais impactos na redução do consumo e da demanda de energia elétrica, contida nos estudos realizados no ano de 2018 pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) em conjunto com o Ministério de Minas e Energia (MME), mostra que a adoção do horário de verão traz atualmente resultados próximos da neutralidade para o sistema elétrico. 

Até 2017, o horário de verão tinha início no terceiro domingo de outubro, mas atendendo um pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o então presidente Michel Temer alterou o início do horário para que não coincidisse com o primeiro e o segundo turnos da eleição de 2018.

O horário, que é muito discutido pelos brasileiros, teve abrangência em 10 estados e o Distrito Federal. Este ano, a adoção do horário de verão ainda é uma incógnita, e cabe ao presidente Jair Bolsonaro decidir. Com informações da Agência Brasil

PUBLICIDADE