PUBLICIDADE

Império do Morro é bicampeã do Carnaval de Corumbá

Rosana Nunes / Marcelo Fernandes em 17 de Fevereiro de 2010

Fotos: Anderson Moraes

Carol Duarte e bateria nota 10 da Império

Verde e rosa contou a história do perfume na avenida

A escola de samba Império do Morro é bicampeã do Carnaval de Corumbá. Também a indicada pelo prêmio Esplendor do Samba, instituído pelo Diário Corumbaense e Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba), cuja apuração ocorreu na terça-feira, 16 de fevereiro, a escola sagrou-se campeã na apuração oficial com 179,4 pontos. A Unidos da Vila Mamona, ficou em segundo com 175,9; em terceiro A Pesada, com 169,3. Em último, a Unidos da Major Gama, com 161,5 caiu para o Grupo de Acesso. No lugar dela, desfila em 2011, a Mocidade da Nova Corumbá, que foi a campeã do Grupo B.

O Diário Online acompanhou em tempo real, nota a nota a apuração, através do Diário Minuto. Você pode conferir as notas clicando aqui

Perfume no Ar

“Emoção que contagia, exalando alegria, no show da minha bateria”, seguindo à risca o próprio samba-enredo, a Império do Morro fez uma apresentação contagiante já na madrugada de terça-feira, 16 de fevereiro. O título de 2010 é o bicampeonato do carnaval corumbaense e 29º de sua história de mais de meio século.

“Meu olfato indica que Império vai passar; sinto um cheiro de perfume no ar” a princípio se mostrava um enredo difícil de ser desenvolvido, mas a realidade da avenida mostrou exatamente o contrário. O samba funcionou; os componentes cantaram e o desfile fluiu de um jeito que empolgou componentes e público.

A Império do Morro manteve a característica que a consagrou desde o seu retorno ao carnaval, na primeira metade dos anos 2000: o luxo e a grandiosidade de suas alegorias. A bateria foi um espetáculo à parte. Seus ritmistas garantiram o “show” cantado no samba da verde e rosa. A batida compassada; forte e ritmada contagiou os componentes, que responderam cantando o samba do primeiro ao último acorde na avenida.

Fantasias e alegorias – foram nove carros no total – bem acabadas e casando certinho com o enredo da escola ajudaram a Império a fazer uma apresentação apoteótica. O intérprete, Wander Timbalada, também indicado pelo prêmio Esplendor do Samba, a todo o momento entremeava a letra do samba com frases de agradecimento e incentivo a cada um dos 1200 integrantes do desfile.

Galeria: Império do Morro

Abrir Super Galeria