PUBLICIDADE

Chuva de mais de 26 milímetros deixou vários pontos de alagamento em Corumbá

Ricardo Albertoni em 22 de Novembro de 2018

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Assim como na parte alta, em vários pontos no Centro de Corumbá, os bueiros não suportaram a vazão da água

A chuva de 26,4 milímetros que caiu sobre Corumbá e Ladário entre 20h e 23h de quarta-feira (21) deixou vários pontos de alagamentos. A força da água invadiu residências e causou prejuízos, principalmente da parte alta de Corumbá. De acordo com informações do 3º Grupamento de Bombeiros Militar, ao todo foram 60 chamados, desses, os militares conseguiram atender 40.

Reprodução

A força da água invadiu residências e causou prejuízos, principalmente na parte alta de Corumbá

Em alguns pontos, como no bairro Aeroporto, o nível da água chegou a 1,60 metro e moradores de residências de cinco quadras tiveram prejuízos. Crianças e idosos tiveram que ser retirados das casas. Em outro ponto, no bairro Cristo Redentor, quase divisa com o bairro Popular Velha, além de alagamento, uma galeria pluvial acabou transbordando e também foi necessário retirar pessoas de suas residências.

Moradora do bairro Nossa Senhora de Fátima, a promotora de vendas Christiellen Manrique Benevides não estava em casa no momento da chuva. Ela relatou ao Diário Corumbaense o prejuízo. “Estava na faculdade, não tinha ninguém em casa e quando cheguei vi o estrago. Perdi móveis, computador, eletrodomésticos, até meu cachorro ficou na água. Os vizinhos fizeram um buraco no muro para escoamento da água que entrou na casa deles e a minha acabou sendo atingida também. Agora é limpar a sujeira e ver o que faremos”, disse Christiellen.

Divulgação/Bombeiros

Os bombeiros auxiliaram na retirada de crianças e idosos de casas

Flagrantes de áreas alagadas devido a lixo acumulado em bueiros foram registrados. Assim como na parte alta, em vários pontos do Centro de Corumbá, os bueiros não suportaram a vazão da água. Galhos, folhas, embalagens plásticas atrapalharam ainda mais o escoamento da água.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) há possibilidade de mais chuva a partir da tarde desta quinta-feira.

PUBLICIDADE