PUBLICIDADE

Presos acusados de matar a tiros dois irmãos em Ladário

Rosana Nunes e Ricardo Albertoni em 20 de Novembro de 2018

Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense

Denilson (à direita) e Rodrigo "Jacaré" (à esquerda) foram presos pela Polícia Militar tentando fugir; no detalhe, mochila com roupas e alimentos

Já está preso na Delegacia da Polícia Civil de Ladário, Rodrigo Gonçalves de Oliveira, de 26 anos, conhecido pelo apelido de "Jacaré". Ele é acusado de matar a tiros os irmãos Vagner Soares Dantas, de 25 anos, e Vanessa Soares Dantas, de 27, na madrugada desta terça-feira (20) no bairro Alta Floresta II, na cidade ladarense. A esposa de Vagner, teria sido "poupada" porque estava com o filho do casal no momento do crime. 

Com mandado de prisão expedido pela Justiça, Rodrigo foi capturado pela Polícia Militar no Porto Geral de Corumbá, e estava acompanhado de outro individuo, Denilson da Cruz dos Santos, de 18 anos. Eles levavam mochila com roupas e sacolas de alimentos, prontos para fugir para fazenda no Pantanal. Também levado para a delegacia, Denilson foi interrogado e acabou autuado em flagrante junto com Rodrigo. Ele é quem teria atirado em Vanessa, de acordo com a polícia. 

Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Suspeito Milton dos Santos Arruda está foragido

Durante todo o dia, pelo menos sete pessoas foram ouvidas e uma das armas usadas no crime foi apreendida ainda municiada. 

Segundo a Polícia Civil, as investigações prosseguem para esclarecer o duplo homicídio, que teria sido motivado por brigas entre vizinhos e para localizar um terceiro acusado de participar do crime, identificado como Milton dos Santos de Arruda, de 46 anos. Quem tiver informações que levem ao suspeito, pode ligar para a delegacia: (67) 3226-1090.

Vagner morreu com um tiro na cabeça, de calibre 22, e Vanessa levou um tiro de arma artesanal longa, segundo informou o delegado titular do Distrito Policial de Ladário, Rodrigo Blonkowski. Ele também relatou que testemunhas informaram que todos os envolvidos no caso estavam embriagados e provavelmente sob efeito de entorpecente. (matéria editada para atualização de informação)

Reprodução/Facebook

Os irmãos assassinados, Vanessa e Vagner

PUBLICIDADE