Polícia Civil de Ladário prende três e recupera carreta que seria levada para a Bolívia

Rosana Nunes em 15 de Novembro de 2018

Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Dois homens foram presos na rodovia Ramão Gomes junto com a carreta roubada

Em menos de dois meses, a Polícia Civil de Ladário, cidade vizinha a Corumbá, recuperou três carretas roubadas que seriam levadas para a Bolívia. O delegado titular Rodrigo Blonkowski explicou que a equipe investiga o envolvimento e atuação de membros de associação criminosa que realiza roubos em vários Estados, como Paraná, São Paulo e Minas Gerais, para vender ou trocar por entorpecente.

Em ação iniciada na quarta-feira (14) com desdobramento até a manhã desta quinta-feira (15), os policiais prenderam três homens e recuperaram carreta roubada em Araguari/MG. O proprietário, que acionou a Polícia Civil ladarense contou que o motorista foi feito refém e o veículo trazido para Corumbá. Foi a mesma situação verificada pela investigação em outros dois casos de carretas recuperadas na região.

O veículo, com placas de Carlos Barbosa/RS, foi localizado já na rodovia Ramão Gomes, a dois quilômetros da fronteira com a Bolívia. Foram presos Mateus Pereira Malaquias, de 44 anos, morador em Minas Gerais, e Antonio Rodrigues Santana Neto, de 19 anos. O primeiro se identificou como motorista da carreta e o outro, que estava em uma motocicleta, ainda tentou fugir, mas foi contido. Antonio mora em Ladário e já vinha sendo investigado como membro da associação criminosa. 

Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Terceiro envolvido na ação criminosa foi preso em um hotel de Corumbá

Ao verificarem os celulares da dupla, os policiais confirmaram o envolvimento de mais uma pessoa na ação criminosa. Júlio de Souza Moreira, que veio de Dourados, estava hospedado em um hotel de Corumbá, onde foi preso. Os três homens foram levados para a Delegacia de Ladário.

O delegado Blonkowski destacou que as investigações prosseguem, inclusive em relação a outra carreta roubada, de cor branca, placas de Coronel Freitas/Santa Catarina que Júlio Moreira conseguiu passar para o lado boliviano da fronteira na tarde do dia 13 de novembro. 

“Temos a colaboração de outras Polícias Civis nesse trabalho. Esta é a terceira carreta recuperada pela equipe de Ladário em menos de dois meses, o que demonstra o grande fluxo e atuação da quadrilha na região de fronteira”, afirmou.

PUBLICIDADE