Reinaldo agradece votos e reafirma compromissos com Corumbá e Ladário

Rosana Nunes em 05 de Novembro de 2018

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Governador começou a segunda-feira dando entrevista no auditório da Prefeitura de Corumbá

Depois de passar o fim de semana pescando no Pantanal, na região do Amolar, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) iniciou a semana em Corumbá. Acompanhado do prefeito Marcelo Iunes (PSDB) e do presidente da Câmara Municipal e deputado eleito, Evander Vendramini (PP), Reinaldo conversou com a imprensa na manhã desta segunda-feira (05) no auditório da Prefeitura.

Agradeceu os votos que recebeu no primeiro e segundo turnos da eleição deste ano (mais votado com 22.769 e 23.744 votos, respectivamente) e reafirmou compromissos com a cidade e também Ladário. "Em 2014, não obtive aqui um bom resultado eleitoral, mas disse que tinha compromisso com a região e nestes quase quatro anos de governo fizemos parcerias com o Município e os investimentos em saneamento, infraestrutura urbana, educação e saúde, foram feitos e estão em andamento. A vitória nesta eleição comprovou o nosso trabalho aqui", lembrou o governador ao lembrar a disputa com o ex-senador Delcídio do Amaral, que é da região, quase quatro anos atrás.

Ao longo de três anos e dez meses, os recursos aplicados em Corumbá pelo governo estadual chegam a R$ 272 milhões. São investimentos em infraestrutura, saneamento básico, saúde, segurança, educação e cultura. Reinaldo disse que continua com "forte trabalho" pela regionalização da saúde, a revitalização de escolas estaduais e implantação da escola de Tempo Integral (que depende do envolvimento de professores, alunos e pais), vai conversar com o trade turístico sobre investimentos para atrair mais visitantes e a necessidade de novos voos para atender a demanda, além de uma nova legislação de pesca. "O turismo é uma ferramenta de desenvolvimento para qualquer País", destacou.

O governador ressaltou que vai continuar diminuindo gastos com a máquina pública para aumentar os investimentos em setores essenciais para a população. "Neste primeiro mandato tomamos atitudes impopulares, fizemos a reforma administrativa e hoje Mato Grosso do Sul tem a menor estrutura de governo, mas eficiente e tida como exemplo até pelo futuro governo federal. Vamos continuar tomando as medidas necessárias, corrigir erros, porque não tem 'milagre', não tem 'salvador da Pátria', tem que fazer o que é preciso."

Segurança na fronteira

Sobre a segurança na fronteira, Reinaldo disse estar confiante que o próximo governo dará a atenção que o setor precisa. "Eu entreguei para a (ex) presidenta Dilma um projeto sobre a questão da segurança integrada na fronteira e depois entreguei o mesmo projeto ao presidente Michel Temer, mas não teve ainda uma participação. O governo federal tem que olhar as fronteiras do Brasil, não é só do Mato Grosso do Sul, o Brasil está com as fronteiras escancaradas, está perdendo a guerra para o tráfico nos grandes centros.  Agora o próprio presidente eleito Bolsonaro citou especificamente o trabalho do Departamento de Operações de Fronteira – DOF. Mas o DOF sozinho não consegue vencer essa guerra, se tiver uma integração com as forças federais de segurança, uma vigilância, um monitoramento, avançar com o  Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron)  que estamos meio caminho andado, mas a hora que tiver integração com essa vigilância online das fronteiras, vamos avançar. A segurança nas fronteiras é uma das pautas prioritárias minhas com o presidente eleito, vou levar o mesmo projeto, já entreguei mas vou conversar com o Bolsonaro que é uma pessoa que tem um carinho por Mato Grosso do Sul e que sabe que precisamos enfrentar a questão da fronteira. Não dá para trabalhar as forças federais desvinculadas das forças estaduais", destacou.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Reinaldo agradeceu apoio que recebeu em Corumbá e disse que vai contar com pessoas daqui para compor seu novo mandato

Reinaldo se mostrou otimista sobre a retomada de investimentos e crescimento do Brasil. "A máquina do Estado, apesar de toda a crise econômica que enfrentamos, é solvente e com o Brasil voltando a crescer, Mato Grosso do Sul vai se desenvolver numa velocidade maior pelo perfil da nossa economia, das oportunidades e dos atrativos", enfatizou.

Política

O governador também agradeceu pelo empenho na campanha ao prefeito Marcelo Iunes, ao deputado eleito Evander Vendramini, e aos candidatos não eleitos pela coligação que o reelegeu, como Beatriz Cavassa (PSDB), viúva do ex-prefeito falecido há um ano, Ruiter Cunha, que em sua primeira eleição obteve 17.834 votos na disputa por uma vaga à Câmara Federal e ficou na segunda suplência.

Também adiantou que vai contar com esses parceiros para compor o próximo mandato. "Governo tem que compor com a competência e com certeza teremos pessoas aqui da região compondo nosso governo no primeiro escalão, até porque essa região contribui muito com Mato Grosso do Sul, não só gerando riquezas, mas contribui com pessoas com capacidade de desenvolvimento de atividades de qualquer setor. Não tenha dúvida que na composição do novo governo teremos quadros da região. Lógico que o Evander estará na assembleia e é um representante local, vai olhar com muito carinho para essa região, mas também vai olhar pelo estado porque quem é deputado estadual é do estado e temos muitos eleitos também com votações expressivas aqui. O nosso compromisso é que eles tragam os recursos federais para que a gente fortaleça essa parceria e atenda as demandas", afirmou.

O prefeito Marcelo Iunes disse ter a certeza da continuidade e reforço do alinhamento político de Corumbá com o Governo do Estado e que o Município só efetivou o financiamento do Fonplata, para área de infraestrutura da cidade, porque o governador Reinaldo Azambuja garantiu a contrapartida dos recursos. "O Fonplata hoje é realidade, muito pela contrapartida do Governo do Estado. Estamos com a execução das intervenções no bairro Padre Ernesto Sassida; teremos ainda as obras no conjunto Vitória Régia; vão começar os serviços na rua Porto Carrero e do Binário das ruas Cabral e Colombo. Temos a certeza que mais investimentos virão para Corumbá”, concluiu.

PUBLICIDADE