Menino de 10 anos foi morto pelo pai com espingarda sem registro

Campo Grande News em 19 de Outubro de 2018

Reprodução/Facebook

O menino Vicente de Oliveira da Silva

Homem que matou o filho de 10 anos com um tiro acidental em Sidrolândia – a 71 quilômetros da Capitla - não tinha o registro da arma, revelou o delegado que está com o caso, Diego Dantas Santos. O caso aconteceu na tarde de ontem (18), no lote 268 do Assentamento São Pedro.

Segundo o delegado, Gerson Reinaldo da Silva continua foragido. Ele está com mandado de prisão em aberto, porém por outro fato – que não foi divulgado pela polícia. “Como a arma não tinha registro o pai também vai responder por porte ilegal de arma se fogo”, explicou o delegado. Além disso, a arma, uma espingarda calibre 36 está apreendida.

Morte

O caso está em segredo de Justiça. A polícia apurou no local que, Gerson mostrava a arma a um amigo momento que disparou acidentalmente. O tiro atingiu o ombro do filho, Vicente de Oliveira da Silva e a mesma bala atingiu o maxilar da criança. Vicente morreu antes que fosse socorrido. Em seguida, o pai fugiu.

PUBLICIDADE