Prefeito e deputado eleito discutem aterro sanitário e escola de tempo integral em Corumbá

Rosana Nunes em 19 de Outubro de 2018

O presidente da Câmara de Vereadores de Corumbá e deputado estadual eleito, Evander Vendramini (PP), esteve em Campo Grande na tarde de quinta-feira (18), para cumprir agenda de trabalho. Evander e o prefeito Marcelo Iunes (PSDB) estiveram no Tribunal de Contas do Estado tratando da implantação do aterro sanitário no município.

A reunião foi na Inspetoria de Engenharia, Arquitetura e Meio Ambiente do TCE, onde o secretário de Obras e Serviços Públicos de Corumbá, Ricardo Ametlla, apresentou a estratégia de contratação de estudos de viabilidade econômica, técnica e jurídica para implantação do aterro sanitário para Fernando Silva Bernardes, engenheiro ambiental do TCE-MS, e Carlos Alberto Negreiros Said Menezes (chefe de Inspetoria de Engenheira, Arquitetura e Meio Ambiente).  

“O aterro sanitário é muito importante tanto para a saúde da população quanto para a conservação do meio ambiente. Sem ele, a contaminação do solo é certa e os recursos hídricos são ameaçados, por isso parabenizo a administração do prefeito Marcelo Iunes por estar empenhado em tirar do papel essa obra", afirmou o deputado eleito.

Divulgação

Deputado eleito (à esquerda) e o prefeito de Corumbá durante agenda em Campo Grande

Já o prefeito Marcelo Iunes lembrou que o projeto de implantação do aterro ficou por mais de dez anos "entrando e saindo" das pautas das administrações anteriores. "Avançamos muito nesses últimos meses, toda a parte burocrática está sendo vencida, os recursos estão sendo viabilizados e logo a implantação do aterro sanitário será uma realidade, será um projeto piloto que com certeza servirá de modelo para ouros municípios”, frisou.

A Prefeitura tem prazo de 15 dias para apresentar o protocolo do projeto do aterro sanitário de Corumbá, que deu entrada no Fundo de Investimento da Bacia do Prata (Fonplata), para o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público Estadual (MPE).

Educação

Evander  e Iunes também tiveram importante reunião na Secretaria de Estado de Educação, onde trataram da construção de uma escola de ensino integral com contrapartida do município na doação do terreno, que vai atender demanda da parte alta da cidade.

“Vivemos com altos índices de evasão escolar, também temos sérios problemas com a questão das drogas, na escola de ensino integral o estudante trabalha o projeto de vida, aumentando a possibilidade de ter um futuro melhor”, destacou Evander ao ressaltar a importância da escola de ensino integral.

O diretor geral de Infraestrutura e Apoio Escolar, Paulo Henrique Malacrida, mostrou a planta da unidade escolar de ensino integral e deu detalhes da obra, que terá início o mais breve possível. “Será mais um obra trazida pelo governo do Reinaldo Azambuja  e com contrapartida da Prefeitura. Ainda temos mais três creches aprovadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que serão construídas na parte alta da cidade, na região do Jardim dos Estados e no bairro Padre Ernesto Sassida. Iniciamos as obras no ano que vem”, adiantou o prefeito Marcelo Iunes.

Ainda de acordo com ele, uma creche será entregue no bairro Guatós ainda este ano e uma nova escola estará pronta para o próximo ano letivo. “Todos esses investimentos na educação são importantes, pois garantem a qualidade de ensino aos nossos alunos, e os pais terão a certeza que seus filhos estarão seguros enquanto trabalham”, concluiu. Com informações da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE