PUBLICIDADE

Acadêmicas de Pedagogia pedem doações para reativar brinquedoteca do hospital

Rosana Nunes em 26 de Setembro de 2018

Divulgação

Espaço está desativado há uns três anos; acadêmicas agora realizam campanha

Acadêmicas do curso de Pedagogia do Campus Pantanal da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) estão realizando campanha para reativar a brinquedoteca da Santa Casa de Corumbá. A ideia surgiu em uma das disciplinas - Práticas Pedagógias - ministrada pela professora Cláudia Araújo de Lima. "Foi proposto que conhecêssemos a rotina de um pedagogo em uma instituição não formal. Escolhemos a brinquedoteca do hospital, que está desativada há uns três anos por falta de pessoas para trabalhar no local e a falta de informação sobre o espaço", explicou ao Diário Corumbaense, a acadêmica e integrante do projeto,  Lilian Santos Bastos. As outras integrantes são Melina Melgar, Edilaine Luz, Jacqueline Lima, Giane Marques e Gladiely Sanches. 


Após contato com a direção da Santa Casa e a psicóloga Eva Mateus, responsável pelo espaço, o grupo iniciou uma campanha para revitalizar e reativar a brinquedoteca, que, sem dúvida, auxilia as crianças e a família durante o período de internação. "A meta é até mais ampla. Queremos desenvolver atividades pedagógicas, músicas no leito, teatro e até mesmo o reforço escolar para aquela criança que está afastada de suas atividades escolares por conta da doença. Nós vamos buscar primeiro capacitação para que nos tornemos brinquedistas voluntários nesse espaço e em outra etapa, vamos fazer uma capacitação voltada para a comunidade e acadêmicos de outros cursos que queiram participar como voluntários", explicou Lilian ao ressaltar que a brinquedoteca do hospital não tem verbas para manter um profissional responsável, apesar de a lei prever, por isso só funcionava com voluntários.

Divulgação

População pode doar brinquedos e outros materiais para a reativação

Com meta definida, a equipe agora está em busca de doações que possam ajudar na revitalização, desde materiais de pintura, de organização, armários, brinquedos, tapetes tipo tatames, livros pedagógicos, mesinhas com cadeiras, lápis de cor, tinta guache, pinceis, giz de cera, folha de ofício, canetinhas, borrachas, lápis, cola quente e cartolina. "Tudo o que a população puder doar será muito bem vindo. Só lembramos que a preferência é por brinquedos de fácil higienização por se tratar de um hospital", reforçou a acadêmica. 


Quem tiver interesse em ajudar pode entrar em contato pelos números de WhatsApp: (67) 99941-6523/99631-8174/99904-0508. "Podemos buscar pessoalmente a doação e desde já agradecemos a todos que puderem de uma certa maneira nos ajudar", concluiu Lilian Bastos. A reativação da brinquedoteca está marcada para o dia 10 de outubro, em comemoração ao Dia da Criança, celebrado em 12 de outubro. A atividade vai contar com a participação da turma da revista Nosso Amiguinho

PUBLICIDADE